Blog do Pannunzio

Notas em série apreendidas pela Polícia Federal reforçam suspeita contra Arruda

Jailton de Carvalho
Computadores, documentos e pacotes de dinheiro apreendidos pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora , há duas semanas, reforçam as suspeitas contra o grupo do governador José Roberto Arruda , acusado de desviar recursos públicos e distribuir parte dos lucros com políticos aliados . Entre os R$ 700 mil apreendidos pela PF em endereços de pelo menos dois integrantes da organização, foram descobertos pacotes de notas seriadas. ( Leia mais: Arruda anuncia desfiliação do DEM )
Este é mais um indício de que o dinheiro foi distribuído por uma única pessoa, num mesmo período: o ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa , pagador do chamado mensalão do DEM e principal colaborador da polícia nas investigações.
Clique aqui para ler a íntegra da cobertura no site de O Globo
Comentários

Related posts

Mendes cobra governo por vazamento seletivo de dados

Destaques dos jornais de hoje – Correio Braziliense

Perdeu!

Fábio Pannunzio

Leave a Comment