Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Estadão

O Estado de S. Paulo

Manchete: Irã vai virar ditadura militar, dizem EUA

Hillary busca apoio internacional para fazer valer sanções, e chanceler do Brasil reitera disposição de favorecer o diálogo entre Teerã e a AIEA

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, disse ontem em Riad que a crescente influência da Guarda Revolucionária do Irã faz o regime caminhar para uma “ditadura militar”. “Estamos planejando unir a comunidade internacional para pressionar o Irã por meio de sanções adotadas pela ONU”, afirmou. Em Madri, o chanceler Celso Amorim voltou a expressar a disposição do Brasil de “favorecer” o diálogo entre Teerã e a Agência Internacional de Energia Atômica, rejeitando a aplicação de novas sanções. (págs. 1 e A8)

Brasil adota discurso ambíguo

Durante sessão da ONU ontem, o Brasil sinalizou sua preocupação com a situação dos direitos humanos no Irã, mas evitou condenar o regime de Teerã e acabou criticado por ONGs brasileiras e pela oposição iraniana. (págs. 1 e A8)

Ministros correm País para ajudar Dilma

Ministros do governo Lula estão percorrendo o País para acelerar a liberação de convênios e a entrega de obras. A ação faz parte da estratégia definida pelo próprio presidente, que instruiu seus auxiliares a ampliarem as ações de cada órgão e a defenderem o governo. A tática tem três efeitos práticos: impulsionar a candidatura de Dilma Rousseff, consolidar o legado Lula e ajudar os ministros que são candidatos em seus Estados. (págs. 1 e A4)

Deputados articulam renúncia de Arruda

Para tentar impedir a intervenção federal do Distrito Federal e pressionar o governador afastado, José Roberto Arruda, a renunciar, os deputados distritais fizeram um acordo para aprovar, na quinta-feira, o pedido de abertura de impeachment. Além disso, avaliam os aliados de Arruda, fora do cargo aumentam as chances de ele ganhar o habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) e ser libertado. (págs. 1 e A6)

Notas e informações: Um novo Correio?

O que é de máxima importância é que seja efetivamente assumido o compromisso de que a sociedade anônima projetada para substituir a ECT, que esteve envolvida em escândalos, obedeça aos princípios da governança corporativa. (págs. 1 e A3)

Comentários

Related posts

Cristovam admite possibilidade de concorrer ao Palácio do Buriti caso Roriz seja candidato

Presidente da AL de MT ainda não disse quem usou os computadores da Casa para ameaçar de morte seus inimigos

Fábio Pannunzio

Blog do Josias: Lula se dá por vencido e Temer será o vice de Dilma

Leave a Comment