Blog do Pannunzio

Reparem no voto de Gilmar Mendes no HC de Arruda

Gilmar Mendes, presidente do STF, é um dos donos do IDP, o Instituto Brasiliense de Direito Público. O Instituto funciona num terreno situado ao lado da Via L-2 Sul, na quadra 607. O terreno foi obtido por intermédio do Pró-DF, um programa do governo do Distrito Federal que distribui lotes com gordos subsídios aos empresários da Capital.

O Pró-DF é objeto das investigações da Operação Caixa de Pandora, que há 21 dias botou o governador Arruda na cadeia. O ex-vice-governador Paulo Octávio está bem enrolado. Segundo a Polícia Federal, seus assessores achacavam empressários interessados na obtenção de lotes.

Daqui a pouco Gilmar Mendes vai proferir seu voto na sessão que julga o Habbeas Corpus impetrado pelos advogados de Arruda. Será uma grande oportunidade para o ministro demonstrar toda a sua isenção mantendo o governador preso onde está.

Comentários

Related posts

Destaques dos jornais de hoje – O Estado de S. Paulo

Serra acusa PT de dividir o país e cultuar impunidade

Marcha da Maconha: é crime um ministro participar?

Fábio Pannunzio

Leave a Comment