Blog do Pannunzio

Vinícius, o recém-nascido que iria morrer em Brasília, está salvo.

Está salvo o recém nascido que corria risco de morrer por falta de um leito de UTI em Brasília. A Secretaria de Saúde conseguiu, debaixo de muita pressão, uma vaga para internar a criança.

Vinícius nasceu com um problema congênito no intestino. Precisava de uma cirurgia urgente. Seu prognóstico era drástico: 72 horas de vida a partir da tarde de ontem. Estava internado no Hospital Materno Infantil de Brasília, que não dispunha de vaga na UTI para o pós-operatório. Sem a UTI não havia como operá-lo.

A cirurgia foi feita na tarde desta sexta-feira. Demorou cerca de uma hora. O problema foi corrigido. Vinícius passa bem e está se recuperando em seu pequeno leito de UTI, onde deve permanecer por mais nove dias.

O anjo da guarda dessa criança se chama André de Moura. É um defensor público que tem passado boa parte de seus dias tentando salvar vidas que vão se perder por incúria do serviço público de saúde.

Ele está feliz por ter conseguido ajudar essa criança. Lamenta, apenas, que outro recém-nascido, que vai necessitar do leito onde está Vinícius, talvez não tenha a mesma sorte.

Related posts

Depois de atos secretos, teria o Senado contas paralelas?

Fábio Pannunzio

Fora Arruda lota Praça do Buriti

Fábio Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Jornal do Brasil

Leave a Comment