Blog do Pannunzio

Primeira-dama fala pela primeira vez após a prisão do marido

 Débora Álvares

Noelle Oliveira

A primeira-dama do Distrito Federal falou, na tarde desta terça-feira (9/3), pela primeira vez após a prisão de seu marido, há quase um mês. Flávia Arruda se mostrou preocupada com o estado de saúde do governador afastado e preso, José Roberto Arruda (sem partido).

Segundo ela, Arruda tem dificuldades para andar e, hoje, não quis comer – a esposa do governador chegou à PF por volta de 12h40, com o almoço dele. Flávia destacou, ainda, que o exame doppler realizado nesta segunda-feira (8/3), não apontou placas na safena, mas acusou um edema. De acordo com a primeira-dama, além do inchaço nas pernas, Arruda tem apresentado grandes oscilações de pressão. A Polícia Federal ainda não confirmou as informações passadas por Flávia.

A esposa do governador acredita, ainda, que a piora do estado de saúde de Arruda seja consequencia da suspensão, após a prisão dele, das sessões de fisioterapia. Segundo Flávia, o marido era submetido aos exercícios desde a cirurgia no tendão do pé direito que pela qual passou em 9 de novembro do ano passado.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Correio

Comentários

Related posts

Depoimentos e fitas sinalizam que suposto esquema de corrupção teve início na gestão de Roriz

Fábio Pannunzio

Diploma para jornalista volta à pauta na CCJ

Destaques dos jornais de hoje – Correio Braziliense

Leave a Comment