Blog do Pannunzio

Câmara Legislativa tenta evitar constrangimento de dar posse a distrital preso

Lilia Tahan

Os distritais não querem passar pelo constrangimento de dar posse a um colega preso. Apesar da divulgação de parecer da Procuradoria-Geral da Câmara Legislativa a favor do direito de Geraldo Naves (DEM) em assumir a vaga de titular, os deputados evitam publicar a convocação do suplente. Ela poderia ter ocorrido logo em seguida à renúncia de Júnior Brunelli (PSC), no último dia 2. Pelo regimento interno da Casa, o prazo máximo para essa chamada é de 48 horas. Mas, para adiar um possível desgaste político, a Mesa Diretora ainda não resolveu o que fazer.

A opinião da Procuradoria no caso de Geraldo Naves (foto) só aumentou a tensão sobre o assunto na Câmara. Os distritais estão divididos entre os que não aceitam, em hipótese alguma, a convocação do substituto encarcerado e aqueles a favor da publicação do ato, mesmo que a consequência possa precipitar a posse de um deputado em circunstâncias inusitadas. As duas correntes, no entanto, se chocam com os interesses do pretendente a distrital.

O suplente não abre mão da vaga de titular. Mas vai usar todo o tempo que tiver para não ser o primeiro deputado em Brasília a tomar posse de dentro da Papuda. Pretende, antes,se livrar da cadeia. Na tarde de terça-feira, a defesa do político entrou com pedido de relaxamento da prisão preventiva. O recurso ainda não foi julgado. “Se ele tem um prazo previsto no regimento interno, por que não usá-lo? Ele quer retornar à Câmara como saiu de lá, limpo”, diz o advogado Ronaldo Cavalcanti. Geraldo Naves teve a prisão preventiva decretada por suspeita de participação na suposta tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra. A denúncia também levou à prisão José Roberto Arruda e mais quatro assessores próximos ao governador afastado.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Correio

Comentários

Related posts

IURD ameaça, exige retratação mas não explica adoções em Portugal

Fábio Pannunzio

Buarque quer reunião de emergência com integrantes do Conselho de Ética

Fábio Pannunzio

Do lado de fora do Congresso, Movimento Fora Sarney volta a atacar

Fábio Pannunzio

Leave a Comment