Blog do Pannunzio

Serra responde à ironia de Lula sobre ‘inauguração’ de maquete

Flávio Freire

Um dia depois de o presidente Lula afirmar que “tem gente inaugurando até maquete” , o governador e pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra (PSDB), aproveitou para responder à ironia durante discurso. De volta à Baixada Santista, onde na segunda-feira participou da apresentação da maquete de uma ponte , Serra afirmou, sem citar Lula, que “o importante é obra com começo, meio e fim”.

– O que eu vim aqui fazer outro dia foi o anúncio do entendimento que nós concluímos com as prefeituras de Santos e Guarujá. E as prefeituras, com muita legitimidade, têm suas demandas – disse ele, que, enquanto citava benefícios da obra, aproveitou para alfinetar os adversários:

– O importante é obra com começo, meio e fim, e estruturada – acrescentou o tucano, na abertura de um seminário sobre sustentabilidade, promovido pela Associação Comercial de Santos.

Horas após declaração do presidente, a assessoria de imprensa de Serra disse que o governo de São Paulo não se sentia atingido pelas críticas. Serra, no entanto, encerrou a entrevista coletiva assim que o assunto entrou em pauta. Disse que não falaria de política, em hipótese alguma.
Serra também critica programa federal para revitalizar Porto de Santos

Num discurso de quase uma hora, Serra destacou ainda projetos do governo estadual para a região e atacou o programa do governo federal para revitalização do Porto de Santos. Segundo o governador, faltou abrir espaço para a participação de São Paulo no projeto.

– Todos sabem que no início do governo eu propus ao governo federal que o estado administrasse o porto. Acho que teria sido, sem dúvida, a melhor opção – afirmou o tucano, destacando a demora para o início das obras de dragagem no canal do porto.

– Não estamos pegando no pé por causa do atraso da dragagem, que só agora está começando, mas enfim há muitas questões que ficam dando volta – completou ele, aproveitando a participação de seis prefeitos da região para enaltecer os seus programas para a região.

Ao falar sobre a inauguração de Escolas Técnicas, voltou a ironizar o governo federal.

– Se eu fosse usar imagens como outros usam, eu diria que fizemos tantas quantas desde o Descobrimento – disse ele, ironizando o bordão do presidente Lula, que volte e meia inclui em seus discursos a premissa “de que nunca antes nesse país.”.

Clique aqui para ler a íntegra no site do O Globo

Comentários

Related posts

Conjur: Blogueiro é condenado a pagar R$ 50 mil a Ali Kamel

Fábio Pannunzio

Culpa do caso Palocci deve recair sobre o ex-presidente da Caixa

Fábio Pannunzio

Manchetes dos jornais de hoje – O Globo

Leave a Comment