Blog do Pannunzio

Assembléia de MT promete investigar ameaças a inimigo do presidente por um computador da rede da Casa

A Assembéia Legislativa de Mato Grosso prometeu investigar o autor dos emails contendo ameaças dirigidas a Oscar Martins Bezerra, ex-prefeito do Município de Juara, no Nortão de Mato Grosso. Os emails foram postados da rede da Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grosso, que é comandada pelo maior inimigo político de Bezerra, o deputado José Geraldo Riva. Ontem o blog Prosa e Política, de Adriana Vandoni, informou em primeira mão que o promotor promotor Hélio Fredolino Faust, do Núcleo de Ações de Competência Originária, iria instaurar um inquérito para investigar as ameaças.

A correspondência eletrônica partiu de dois computadores da Assembléia. Nas mensagens, que podem ser lidas aqui ou no infográfico ao lado, um internatua que assina como “Delegado” ou “Ferrão”  fiz que “essa briga com o Riva é outra que vai te render alguns prejuizos, coloca isso na sua cabeça cedo ou tarde vc vai ter um probleminha sem reverssão, porque se acha que ele ta quieto com suas ofenças e ele? ele vai te pegar pode escrever”.

As duas máquinas utilizadas, pela anotação do IP (endereço na rede mundial), pertencem à rede interna da Assembléia Legislativa. Segundo a Secretaria de Informática, com a qual o Blog conversou esta manhã, esta é uma rede de IPs fixos — ou seja, cada máquina tem apenas um endereço. Isso facilita a identificação tanto do local onde o equipamento está lotado quanto da pessoa que fazia uso dela. “Todo usuário dos computadores da nossa rede é obrigado a fazer login com um nome de usuário e senha próprios”, disse um dos técnicos.

Os mesmo computadores foram utilizados para que uma pessoa que assina como Hélio Penha em comentários regitrados no blog de Adriana Vandoni. Em ambos os comentários, “Hélio Penha” faz a defesa de Riva, o que leva à possibilidade de tratar-se de um aliado político da AL.

O Blog enviou um pedido de informações acerca da localização das máquinas usadas para fazer as ameaças ã Assessoria de Imprensa da Assembléia Legislativa. O secretário de Imprensa Fábio Monteiro assegurou que a Casa tem todo o interesse de investigar e elucidar de onde partiram as ameaças. Ele também prometeu pesquisar se há algum funcionário da ALMT com o nome Hélio Penha e disse que se empanhará para elucidar de onde partiram as ameaças.

Leia a nota da Assembléia Legislativa.

 

 

A respeito do pedido de investigação do Ministério Público sobre as ameaças que teria sofrido o ex-prefeito de Juara, Oscar Bezerra, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso esclarece que repudia qualquer tipo de atitude com relação à ameaça a vida de alguém.

O presidente da Mesa Diretora, deputado estadual José Riva, afirma que a Casa de Leis está a  disposição das autoridades competentes para contribuir com as investigações. Outrora, informa que o Departamento de Informática já está fazendo uma investigação interna para apurar as denúncias de que a ameaça ao senhor Oscar Bezerra tenha partido de algum servidor do Poder Legislativo, usando um dos nossos computadores

É importante ressaltar que a Assembleia Legislativa possui mais de 600 máquinas, entre computadores e notebooks, conectados à internet. Além de disponibilizar a todos os visitantes, estudantes e jornalistas acesso a internet sem fio, gratuitamente. Atualmente passam mais de 1,5 mil pessoas por dia pela Assembleia Legislativa e que usam dos serviços oferecidos pela casa, incluindo a rede pública de internet.

Mais uma vez ressaltamos que esta Casa é uma instituição pública e prima pelo bem estar da população. Estamos trabalhando para a melhoria de nossos serviços para garantir maior segurança e conforto aos nossos visitantes.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE MATO GROSSO

 

Comentários

Related posts

Reeleição: Eles também negavam

Fábio Pannunzio

Sarney concorda com exigências de senadores

Fábio Pannunzio

Arruda não condena ação da PM contra manifestantes

Leave a Comment