Blog do Pannunzio

Arruda passará por avaliação psiquiátrica para análise de quadro de depressão

da Folha Online

O governador cassado e preso do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), vai passar por uma avaliação psiquiátrica para analisar seu quadro emocional diante da depressão. O exame será realizado por um psiquiatra da Polícia Federal e foi solicitado pelo médico particular de Arruda, Brasil Caiado.

No dia 1º de março, Arruda passou por uma avaliação semelhante e teve a dose do remédio que toma contra depressão dobrada. Caiado explicou que Arruda já tratava da depressão antes de ser preso no dia 11 de fevereiro, mas teve o quadro agravado nas dependências da Polícia Federal.

“Um psiquiatra da PF vai vir avaliar o quadro dele para ver o quanto [a depressão] se agravou. Ele está bastante apático e quieto, praticamente acamado”, disse.

Segundo Caiado, a depressão pode prejudicar o tratamento dos problemas cardíacos de Arruda. “A preocupação é porque a depressão pode atrapalhar o tratamento clinico”, afirmou.

Na semana passada, Arruda passou, pela primeira vez, um dia inteiro fora da prisão. O governador cassado ficou internado no Instituto de Cardiologia para realizar exames, que indicaram uma lesão de grau discreto em uma das artérias coronárias e depois por um ecocardiograma que descartou no momento a necessidade de uma cirurgia.

Caiado receitou para Arruda oito medicamentos para combater os problemas cardíacos, a diabetes e a depressão.

Por recomendação médica, o ex-democrata também deve passar por uma dieta pobre em gordura e realizar exercícios físicos. Atualmente, Arruda tem direito a 15 minutos de caminhada na Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

Comentários

Related posts

Promotor calcula em R$ 100 milhões desvio em cooperativa ligada ao PT

Caso Bóris: O preconceito e os outros preconceitos

Fábio Pannunzio

Massa se recupera bem de acidente e já abre olho esquerdo

Fábio Pannunzio

Leave a Comment