Blog do Pannunzio

Manifestante invade plenário do STF

Lísia Gusmão – Agência Brasil

Um protesto interrompeu a sessão de hoje (25) do Supremo Tribunal Federal (STF). Um cidadão, chamado Rana Iaube Alexandre, avançou sobre o microfone do púlpito em que os advogados fazem a sustentação oral no plenário do STF. Naquele momento, o ministro Marco Aurélio Mello estava com a palavra.

Rapidamente imobilizado pelos seguranças, Alexandre conseguiu dizer apenas que queria fazer uma denúncia, até ser retirado por cinco seguranças, que tiveram dificuldade em contê-lo. Fora do Supremo, ele fez acusações de “nepotismo” ao STF com palavras ofensivas aos ministros, mas não fez a denúncia que ameaçou no plenário.

A cena foi vista por manifestantes que se reuniram em frente ao STF para um abraço simbólico contra a intervenção no Distrito Federal (DF). Os poucos manifestantes que se dispuseram a vir sob a forte chuva que atinge o centro de Brasília nesta tarde se abrigaram em frente à Corte, uma vez que as laterais do prédio foram interditadas com fitas de segurança.

O protesto foi liderado pela Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF), com o apoio de outras 53 entidades, como associações de comerciantes, empresários e trabalhadores, partidos políticos e sindicatos.

No manifesto entregue ao presidente eleito do STF, Cezar Peluso, as entidades dizem reconhecer “a gravidade da crise institucional” que abala o DF desde a revelação de um suposto esquema de corrupção envolvendo autoridades do governo, deputados distritais e empresários, mas ressaltam que não houve alteração na prestação de serviços do governo do DF que “justifique a drástica medida de intervenção federal”.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Agência Brasil

Comentários

Related posts

Hosmany Ramos ao blog: preso na Islândia tem ceia especial de Natal e 13° salário

Fábio Pannunzio

Capitalização da PETROBRAS vai consumir um terço do potencial do Pré-Sal

Anáilise do ONS pode apontar causas de blecaute

Leave a Comment