Blog do Pannunzio

Mensalão do DEM: ‘Tony Panetone’ tenta se candidatar ao governo do DF

Carolina Benevides

Candidato do Partido dos Pães Natalinos (PPN), “Tony Panetone” foi o primeiro a tentar registrar candidatura para as eleições indiretas do Distrito Federal. Criado pelo movimento “Fora Arruda”, “Tony” foi cedo para a Câmara Legislativa do DF, que elege dia 17 os novos governador e vice. Segundo Raul Cardoso, que atua no movimento, “Tony” e o vice “Bezerra Dourada”, batizado assim graças aos bezerros do ex-governador Joaquim Roriz, querem se eleger para “oficializar a roubalheira no DF”.

– Acreditamos que uma Câmara como a do DF, afundada em episódios de corrupção, não pode eleger um governador. Então, resolvemos trazer um candidato que assume que é corrupto. Ele e o vice têm orgulho da roubalheira – disse Raul.

De acordo com Raul, o movimento criou um programa de governo para a chapa do PPN. Entre as propostas estão: a terceirização da saúde, o aumento do valor da partilha do mensalão do DEM de Brasília para o governador, o vice e todos os políticos envolvidos e ainda o avanço na construção do setor Noroeste.

– Fizemos essas propostas para mostrar o repúdio que sentimos com o que acontece em Brasília. As obras, por exemplo, são em área de proteção ambiental e onde há uma reserva indígena. Como parece que isso não é problema, “Tony Panetone” propõe que todos ganhem mais.

Durante a manhã, os bonecos de “Tony Panetone” e “Bezerra Dourada” entregaram santinhos para assessores parlamentares, passearam pela Câmara e distribuíram cópias de notas de R$ 100.

Clique aqui para ler a íntegra no site do O Globo

Related posts

Destaques dos jornais de hoje – O Estado de S. Paulo

Polícia paulista matou quase 200 desde janeiro. Violência fardada será discutida pelo CNMP

Fábio Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – O Globo

Leave a Comment