Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – O Estado de S. Paulo

Dilma tem problemas em alianças em 15 Estados
A definição de alianças em torno de Dilma Rousseff(PT), cuja candidatura presidencial foi lançada há dois anos, ainda enfrenta dificuldades em 15 Estados (63% do eleitorado). Já o tucano José Serra está com o palanque montado em 15 Estados. A diferença se dá porque o arco de partidos que o presidente Lula tenta cooptar para Dilma é superior a dez, bem maior do que o dos que apoiam Serra – PSDB, DEM e PPS. O Ceará é um exemplo: a aliança feita em 2006, com o PT prestando apoio à eleição do governador Cid Gomes, do PSB, está ameaçada. (págs. 1 e Nacional A4)

Crescimento do emprego em SP bate recorde
Vagas abertas na indústria somaram 45 mil

A geração de empregos no Estado de São Paulo em março foi 1,37% maior do que em fevereiro, o melhor desempenho desde dezembro de 2006. Dos 22 setores pesquisados, nenhum demitiu, e o recordista de contratações foi o de produtos alimentícios. No total, foram criadas 45 mil vagas no mês. Para a Fiesp, o resultado mostra consolidação do nível de emprego e a expectativa é fechar o ano com 140 mil novos postos de trabalho. (págs. 1 e Economia B1)

Governo quer prorrogar vacinação contra gripe
Preocupado com a baixa adesão ao programa, o governo estuda prorrogar a campanha de vacinação contra a gripe suína. Até segunda-feira, 20,4 milhões de pessoas foram imunizadas, o que representa 34,8% do público-alvo gestantes, doentes crônicos e jovens entre 20 e 29 anos. No sábado, foi feito um esforço chamado Dia D para tentar ampliar o comparecimento aos postos. “É preciso que as pessoas compareçam. A vacina é eficaz, é segura”, disse ontem o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. (págs. 1 e Vida A18)

‘Não existe ex -estuprador’, diz promotora
A promotora Maria José Pereira pediu à Vara de Execuções Penais de Brasília que não soltasse o assassino em série Adimar Jesus da Silva porque “não existe ex-estuprador”. O alerta foi ignorado. (págs. 1 e Cidades C6)

Rolf Kuntz: Enfim, ideias na campanha
Sem alarde, Marina Silva entra em cena com sugestões, enquanto outros
candidatos se perdem na bolorenta discussão sobre o papel do Estado. (págs. 1 e Economia B5)

Notas & Informações: A força do protecionismo
Governos de paises ricos pretendem seguir distorcendo o comércio de produtos agrícolas. (págs. 1 e A3)

Comentários

Related posts

Sarney abre processo contra Agaciel e Zogbhi

Fábio Pannunzio

PF prende nove no Mato Grosso por corrupção e exploração de prestígio

Anulação de atos secretos vale a partir de hoje

Fábio Pannunzio

Leave a Comment