Blog do Pannunzio

Vereador do MA manda deter e algemar jornalista que cobria sessão de Câmara

Estelita Hass Carazzai

O jornalista Edmundo Moreira da Silva, 53, foi algemado e detido por guardas municipais durante uma sessão da Câmara Municipal de Timon (MA), anteontem à noite.

Ele e o cinegrafista Magno Ferreira, 27, acompanhavam a votação de um projeto que efetivava os 350 agentes de saúde do município. Os dois trabalham para o site Portal Hoje.

Enquanto aguardavam o início da sessão, dois guardas municipais abordaram os jornalistas e disseram que eles teriam de se retirar por não terem autorização do presidente da Casa, vereador Antônio Borges Pimentel, para filmar o evento.

“Disseram que faz parte do regimento interno da Câmara, mas nunca antes haviam nos incomodado com isso”, diz Silva. Segundo ele, nas outras sessões em que levou a filmadora, ninguém foi solicitado a desligar o equipamento.

Diante da negativa em sair, Silva foi detido à força, levado para um camburão e de lá para a delegacia, onde foi autuado por desacato à autoridade.

Segundo a assessoria de imprensa da Câmara de Timon, o jornalista foi detido porque “alterou a voz” e falou “palavras de baixo calão” aos guardas.

A cena pode ser vista em um vídeo na internet. O jornalista, elevando a voz, afirma que está trabalhando “numa casa pública” e que não vai sair, ao que o guarda municipal responde: “Cala a boca, rapaz”. A confusão aumenta e Silva é agarrado, algemado e arrastado para fora, diante dos gritos do público.

A Folha telefonou para o comandante da guarda municipal de Timon, mas seu celular estava fora da área.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

Comentários

Related posts

Responsabilidade Fiscal pode ficar menor em ano eleitoral

Fábio Pannunzio

Rebeldes cercam ditador líbio em Trípoli

Bruna Pannunzio

Sarney concorda com exigências de senadores

Fábio Pannunzio

Leave a Comment