Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Valor Econômico

CSN anuncia investimentos de R$ 34 bi em seis anos
A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) aprovou plano de investimentos de R$ 34 bilhões até 2016. Benjamin Steinbruch, o principal acionista, aposta na força do mercado interno e acredita que este é o momento para reforçar os negócios atuais e deslanchar os novos, como a fabricação de cimento. “Queremos ter 20% desse mercado”, diz, de olho na expansão de moradias e em obras industriais, comerciais e de infraestrutura. Até 2013, a CSN deve aplicar mais de US$ 800 milhões em três fábricas. “Vamos investir em novos projetos, pois não há nenhum grupo disposto a vender no Brasil.”
Cerca de 80% dos investimentos serão alocados na produção de aço – planos e longos – e na mineração de ferro. A área de mineração, que já está no meio do plano da companhia para atingir 110 milhões de toneladas, é uma de suas grandes apostas. Steinbruch quer construir a quarta maior mineradora de ferro do mundo, atrás da Vale, Rio Tinto e BHP Billiton. (págs. 1 e B11)

Foto legenda: Horizontes revistos
O Santander não tem mais a pretensão de ser o maior banco do país por causa da união Itaú-Unibanco. “Agora, queremos ser o melhor e mais eficiente banco do Brasil”, afirma Fabio Barbosa. (págs. 1 e C8)

Um plano “verde” para a próxima safra agrícola
O governo tem planos mais “verdes” para o plantio e comercialização da safra 2010/11. O novo Plano Agrícola e Pecuário prevê juros mais baixos, mais crédito e outros atrativos para estimular as boas práticas ambientais. O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, informou ao Valor que adotará “metas ousadas” para programas de integração lavoura-pecuária-florestas (ILPF), plantio direto na palha e produção de alimentos orgânicos, sem uso de agrotóxicos e fertilizantes industriais.
O novo plano estimulará, sob o argumento “verde”, as florestas plantadas, com o objetivo de substituir o carvão vegetal feito a partir de árvores nativas. “Em vez da ameaça permanente à mata nativa, plantaremos florestas”, diz Rossi, que alerta: “Vamos defender cadeia para quem queima Cerrado para fazer carvão”. Também haverá estímulo ao plantio de dendê no Norte do país. A cultura foi incluída em vários programas de financiamento para ajudar na recuperação de áreas degradadas. As operações, limitadas a R$ 300 mil por beneficiário, terão juros de 5,75% ao ano, carência de seis anos e prazo de 12 anos.
Segundo Rossi, o governo prevê ainda incentivos ao financiamento de estoques de etanol, construção de armazéns nas fazendas e a equalização do endividamento crônico do setor por meio de uma ação direta do Tesouro. (págs. 1 e B16)

Grécia fecha acordo para obter US$146 bi do FMI e da União Europeia (págs. 1 e A13)

Lei de Responsabilidade Fiscal admite reformas (págs. 1 e EU& Fim de Semana)

Carga de Impostos
Na última década, a União aumentou a parcela da arrecadação tributária que não é dividida com Estados e municípios, de 60,7% de 64,4%. (págs. 1 e A3)

Cibercrimes nas redes sociais
Hackers aproveitam a popularidade dos sites de relacionamento como Orkut, Facebook e Twitter para propagar vírus e aplicar golpes pela internet. (págs. 1 e B3)

Regras para marketing na Copa
Projeto de lei em tramitação no Senado vai definir normas para a publicidade durante a Copa do Mundo no Brasil. Objetivo é proteger os patrocinadores oficiais. (págs. 1 e B10)

Investimento estrangeiro

Fundos de pensão estrangeiros, fundos soberanos e gestores internacionais, como Nick Robinson, da Aberdeen, incluem o Brasil em suas estratégias. (págs. 1 e Valor Investe)

Vale sem alumínio
A Vale anunciou ontem que transferiu ao grupo norueguês Norsk Hydro ASA todas as suas operações do setor de alumínio no Brasil. (págs. 1 e B13)

SLC amplia produção
A SLC Agrícola investe na aquisição de máquinas para expandir o cultivo de algodão no Mato Grosso e na Bahia. Área plantada deve crescer cerca de 30%. (págs. 1 e B16)

Grandes obras
Operações de “project finance” no Brasil em 2009 somaram R$ 52,6 bilhões, cinco vezes maior que o total de 2008. (págs. 1 e C1)

Capitalização da Petrobras

Mudanças anunciadas na sexta-feira – o modelo passa ser de distribuição pública, com formação de preço pelo mercado – foram bem recebidas. (págs. 1 e D1)

Renda fixa arranca o empate
Os últimos dez anos contrariam a tese, em geral verdadeira, de que ações são imbatíveis no longo prazo. No período, o Ibovespa praticamente empatou com o CDL. (págs. 1 e D2)

Promotores ‘tapa-buraco’
Ministério Público recorre à Justiça para obrigar o Dnit a recuperar estradas e aciona empresas para impedir caminhões com excesso de peso. (págs. 1 e E1)

Ideias
Luiz Werneck Vianna

O tema da república e da auto-organização da cidadania não pode mais faltar nos programas dos candidatos. (págs. 1 e A6)

Ideias
Gustavo Loyola

A oferta de crédito de bancos oficiais segue lógica própria sem preocupação com pressões inflacionárias. (págs. 1 e A15)

Related posts

Deputados não comparecem a sessões e CPI fica sem investigar mensalão do DEM

Collor afirma que restaram US$ 52 milhões dos recursos arrecadados por PC Farias na campanha de 1989

Militâncias petista e tucana travam guerra na internet

Leave a Comment