Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Valor Econômico

Telebrás vai receber capital de R$ 3,22 bi
O Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), anunciado ontem pelo governo, tem a intenção de levar internet rápida a 28 milhões de residências das classes C e D até 2014 e custará mais de R$ 10 bilhões. O plano prevê a restauração da Telebrás, que receberá capital público de R$ 3,22 bilhões, além de incentivos fiscais e uma política industrial nacional.
Ao divulgar o plano, a chefe da Casa Civil, ministra Erenice Guerra, disse que a Telebrás não vai substituir a iniciativa privada ou concorrer com ela, “porque vai atuar no atacado”. O governo considera que a atuação da Telebrás como gestora da infraestrutura de fibras ópticas estimulará a competição. A estatal deverá subcontratar empresas privadas para construir redes, publicando editais de concorrência ainda neste ano. (págs. 1 e A3)

Foto legenda: Vender até em biroscas
Pequenas lojas e até biroscas são o foco da L’Oréal para aumentar vendas à baixa renda. A meta, diz Alexandre Popoff, novo diretor para AL, é ter 2,5 bilhões de consumidores no mundo. (págs. 1 e B1)

Inflação sobe mais para a baixa renda
A inflação para os consumidores de baixa renda nos primeiros quatro meses de 2010 foi a maior dos últimos seis anos. Pior: a alta foi concentrada em seu principal item de consumo, os alimentos.
O Índice de Preços ao Consumidor-classe 1 (IPC-c1), que mede variação dos preços para quem ganha entre 1 e 2,5 salários mínimos, subiu 5% entre janeiro e abril, mais que o dobro dos 2,1% apurados no mesmo período de 2009. Os preços dos produtos alimentícios aumentaram ainda mais, 8,6%.
Os dados do IPC-c1, calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) desde 2004, apontam para uma desaceleração. A alta em abril, de 1,28%, foi inferior ao 1,4% registrado em março. (págs. 1 e A5)

Em tempos de crise, demissão em massa pode ser a pior saída (págs. 1 e B6)

Credicard fecha acordo com a varejista EletroShopping (págs. 1 e C10)

Liberais democratas de Nick Clegg definirão eleição britânica (págs. 1 e A16)

Foto legenda: ‘Choque’ de gestão
O novo presidente do Ibama, Abelardo Bayma Azevedo, quer reformar os procedimentos do órgão para dar agilidade aos licenciamentos ambientais. (págs. 1 e A2)

Investimento estrangeiro

O fluxo de investimento estrangeiro direto para a América Latina diminuiu 42% no ano passado, segundo a Cepa. O Brasil continuou a ser o maior beneficiário. (págs. 1 e A12)

Olho no olho
Recurso consagrado há décadas na ficção científica, o videofone está perto de se popularizar pelas mãos de empresas como Apple, Skype e Cisco (págs. 1 e B3)

Linha branca preta
De olho no consumidor de alta renda, a Whirlpool lança a All Black, com produtos de “linha branca” na cor preta. (págs. 1 e B4)

Engevix e Funcef miram estaleiro
A Engevix e a Funcef negociam a compra do Estaleiro Rio Grande, do grupo WTorre. O fundo de pensão da CEF deverá ficar com 25% do negócio. (págs. 1 e B9)

Montadoras aceleram
A produção mundial de automóveis cresceu 57% no primeiro trimestre. Na China, Japão, Canadá, México e Reino Unido, o crescimento foi de mais de 70%. (págs. 1 e B9)

‘Private equity’ nos trilhos
O Jardim Botânico Investimentos (JBI) e o InfraBrasil (Santander) vão investir na Ferrolease, empresa de aluguel de vagões ferroviários. O aporte chega a R$ 50 milhões. (págs. 1 e B10)

Petrobras vende ativos argentinos
A Pesa, subsidiária da Petrobras na Argentina, vendeu a refinaria de San Lorenzo e 360 postos de combustíveis à empresa Oil Combustibles, por US$ 110 milhões. (págs. 1 e B10)

Polêmica no campo
Estudo do Ibre-FGV, encomendado pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), rebate dados do Censo Agropecuário do IBGE sobre agricultura familiar. (págs. 1 e B14)

Avanço dos defensivos
A aplicação de defensivos agrícolas no Brasil aumentou 7,6% em 2009, superando pela primeira vez a marca de um milhão de toneladas. (págs. 1 e B14)

Ideias
José Roberto Campos
A Grécia terá de reestruturar sua dívida. Adiá-la poderá disseminar a crise aos maiores devedores da zona do euro. (págs. 1 e A2)

Ideias
Maria Inês Nassif
Anistia foi um ato de vontade dos militares, acatado pelos civis que formavam, no Congresso, uma maioria sem coragem. (págs. 1 e A10)

Comentários

Related posts

Destaques dos jornais de hoje – Folha de S. Paulo

Decisão do STF dificulta recurso contra censura

Alvaro Dias e Virgílio na CPI da Petrobras

Fábio Pannunzio

Leave a Comment