Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Valor Econômico

Bovespa e CVM vigiam autônomos
O agente autônomo André Luiz Garcia Barbosa e suas empresas perderam até R$ 20 milhões de investidores gaúchos. Processos judiciais dos prejudicados tentam cobrar perdas da contratante das empresas, a corretora Prosper. Argemiro Simões Neuber e sua empresa Anco lesaram clientes oferecendo supostos investimentos em futuros de café. A CVM não estabeleceu relação entre a Anco e a SLW, onde o agente autônomo começou suas operações. A dificuldade para atribuir responsabilidade em casos como esses motiva as regras mais estritas da CVM e BM&F Bovespa para a relação entre os agentes e as corretoras. (Págs. 1 e Valor Investe)

Com a saída da PT, Vivo deve incorporar Telesp
Considerado altamente provável, o acordo em negociação entre a Telefónica e a Portugal Telecom começa a ganhar contornos mais nítidos nas expectativas dos especialistas. Ao contrário do calculado até recentemente, hoje considera-se que a Vivo deve incorporar a Telesp.
Atualmente, a Vivo tem uma receita maior e também supera a Telesp em valor de mercado. A Vivo está avaliada em R$ 24,4 bilhões e a Telesp, em apenas R$ 17,6 bilhões. As margens, que durante muitos anos foram muito distantes, se aproximaram. A cobertura nacional está na empresa móvel, a Vivo, enquanto a fixa atua apenas em São Paulo – e hoje o crescimento do segmento de telefonia móvel ultrapassa em muito o da fixa. Por fim, a cultura competitiva também é mais presente no mercado das empresas celulares do que nas fixas. (Págs. 1 e D4)

STJ dá vitória à Price no caso da fraude no Noroeste
A Price saiu vitoriosa em uma das disputas envolvendo a milionária fraude no Banco Noroeste que se arrastam há mais de dez anos na Justiça. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) absolveu três auditores da companhia em um processo penal aberto contra eles por gestão temerária e omissão de informações.

Os outros cinco réus da ação, que respondem por crimes contra o sistema financeiro nacional e de lavagem de dinheiro, ainda não foram julgados. Entre eles está o ex-diretor financeiro do banco, Nelson Sakagushi, a quem se atribui o desvio de US$ 242 bilhões do Noroeste, descoberto durante a venda do banco ao Santander, em 1998. Os ex-controladores do banco, as famílias Cochrane e Simonsen, já recuperaram parte do dinheiro e pedem na Justiça uma indenização à Price. (Págs. 1 e C8)

Rede de franquia de lavanderias 5àSec amplia operações na América do Sul (Págs. 1 e B5)

Subiram em 2009 as transferências de receitas aos municípios e sua carga tributária (Págs. 1 e B2)

Benefícios para pesquisa
A renúncia fiscal do Brasil para pesquisa e desenvolvimento pulou de R$ 220 milhões em 2006 para R$ 880 milhões no ano seguinte. Em 2008, ela praticamente dobrou, para R$ 1,54 bilhão. (Págs. 1 e A4)

Gastar ou cortar?
Cresce nos EUA o debate sobre a necessidade ou não do governo promover cortes nas suas despesas. Keynesianos defendem aumento dos gastos. (Págs. 1 e A9)

Sustentabilidade
Pela primeira vez no Brasil, 35 corporações de diferentes setores divulgarão para o mercado quanto emitem de gases do efeito estufa. (Págs. 1 e Especial Meio Ambiente)

Investimento em TI

Depois de investir US$ 36 milhões em três anos no desenvolvimento de produtos, a Perto, fabricante de equipamentos para automação bancária e comercial, prevê erguer nova unidade industrial. (Págs. 1 e B2)

Computador mais acessível

Os preços dos computadores caíram em média 5% nos primeiros três meses deste ano. A queda foi maior para os portáteis (notebooks e netbooks)- 19%. (Págs. 1 e B2)

Hering fora do Brasil
Os planos de expansão para as lojas da Cia. Hering incluem a abertura de pontos de venda nos países vizinhos. A Argentina é um dos alvos estudados. (Págs. 1 e B5)

Estradas de ferro ocupadas
Nas margens das ferrovias brasileiras há 327 invasões de moradias e comércio, segundo estudo da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários. (Págs. 1 e B6)

Bombardier nos trilhos

Maior e mais rentável operação da Bombardier, a divisão de trens de passageiros quer expandir seus negócios no Brasil, onde só detém contratos de reforma de carros do Metrô de São Paulo. (Págs. 1 e B7)

Melhora na qualidade

O deságio aplicado ao café brasileiro nos mercados internacionais diminuiu 10,5% em maio, mostrando a valorização recente do produto. (Págs. 1 e B12)

Ações ‘”perdidas”
Milhões de brasileiros esqueceram que são acionistas. Só da antiga Telebrás, o número de acionistas perdidos chega a 5 milhões, estima o Bradesco, que assumiu a escrituração dos papéis das teles. (Págs. 1 e D1)

Ideias

Luiz Werneck Vianna
Vive-se na modorra do pensamento único, qualquer manifestação de dissonância soando como crime de lesa-majestade. (Págs. 1 e A6)

Ideias

Rafael Cortez e Bernardo Wjuniski
Dilma se beneficia do fato de os eleitores premiarem governantes que aumentaram seu bem-estar individual. (Págs. 1 e A11)

Related posts

Destaques dos jornais de hoje – O Estado de S. Paulo

Fábio Pannunzio

Gripe suína: país tem 60 mortos

A 9 meses de sair, Lula tem aprovação recorde de 76%

Leave a Comment