Blog do Pannunzio

Arruda retira passaporte, mas defesa descarta intenção de viajar

Correio Braziliense

O governador cassado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, tirou o passaporte. De acordo com o advogado Nélio Machado, quando foi preso, no dia 11 de fevereiro, Arruda teve todos os documento extraviados e por isso está refazendo a documentação pessoal. “Ele ficou somente com a carteira de motorista, mas jamais passou pela cabeça dele viajar”, afirma.

Caso Arruda decida sair do país, ele precisa informar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para onde vai, quando e a data para o retorno. De acordo com a assessoria do órgão, Arruda também teria que assinar um documento se comprometendo a retornar ao Brasil. “Se ele tivesse a pretensão de viajar teria comunicado ao Poder Judiciário”, disse o advogado Machado.

Segundo Nélio, “Arruda está em casa à disposição da Justiça”.

Relembre
A prisão de José Roberto Arruda e de cinco interlocutores do ex-governador – Weligton Moraes, Antônio Bento, Haroaldo Brasil de Carvalho, Rodrigo Arantes e Geraldo Naves – foi decretada depois que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e a subprocuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) que Arruda, por intermédio dos citados acima, teria oferecido dinheiro ao jornalista Edmilson Edson dos Santos, o Sombra.

O suposto suborno serviria para que Sombra desqualificasse, em depoimento à Polícia Federal, os vídeo feitos por Durval Barbosa. Antônio Bento – conselheiro do Metrô-DF – foi preso em flagrante uma semana antes dos demais, logo após entregar uma sacola com R$ 200 mil a Sombra.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Correio

Comentários

Related posts

Site anuncia descoberta da receita de Coca-Cola

Fábio Pannunzio

Despacho do desembargador-zumbi já foi exorcizado.

Fábio Pannunzio

Sarney nega ter funcionária fantasma

Leave a Comment