Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Valor Econômico

INSS cobra diferença de contribuição
A Previdência Social publicou nesta semana nova tabela do INSS para atualizar os valores das contribuições sociais a serem descontadas dos trabalhadores. A medida já era esperada em razão da correção do salário mínimo e das aposentadorias no fim do ano passado por medida provisória, convertida em lei em junho. No entanto, a retroatividade dos novos valores a janeiro deste ano foi uma surpresa. Imaginava-se que o pagamento das diferenças seria cobrado apenas a partir da publicação da nova lei.
Especialistas afirmam que, apesar de os empregadores não arcarem com a atualização – que cabe ao trabalhador -, na prática a medida traz uma série de complicações para eles, que devem fazer o recálculo das diferenças a serem descontadas da folha de salários desde o início do ano e retificar declarações. Outro problema é o de funcionários já demitidos e de serviços prestados por avulsos. (Págs. 1 e E1)

TI tem grande desempenho no semestre
Ainda mais acelerado que o setor industrial como um todo; que deve fechar o primeiro semestre com alta próxima de 16,5%, o segmento de tecnologia da informação chega a julho com resultados vistosos. Números preliminares obtidos pelo Valor apontam que empresas e governo gastaram R$ 24,3 bilhões com tecnologia no semestre, quase 20% mais que no mesmo período de 2009. Além do aumento da renda e da oferta de crédito, da inadimplência estabilizada e da perspectiva de crescimento do PIB de 7,3% no ano, também contribuiu para o desempenho a retomada das encomendas pelas empresas, que tinham adiado a renovação dos equipamentos no ano passado. As compras do governo e a expansão da demanda na classe C também tiveram influência no resultado.
O interesse das empresas pela renovação da infraestrutura também favoreceu o mercado de software, que encerrou o semestre com crescimento de 20%, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). De maneira geral. Os contratos de software aumentaram a partir de março. Tradicionalmente, esse é o período de menor volume de vendas e resultados, sempre inferior ao quarto trimestre do ano anterior. (Págs. 1 e B3)

Diageo tapa, com uísque, buraco em fundo de pensão (Págs. 1 e B9)

‘Testes de estresse’ vão exigir mais € 30 bi para bancos europeus (Págs. 1 e C8)

Investimentos em Pernambuco
O governo de Pernambuco anuncia hoje a chegada de 17 novas indústrias ao Estado. Juntas, vão investir cerca de R$ 300 milhões e criar mais de 3 mil empregos diretos. (Págs. 1 e A5)

Fé nos ‘maduros’
Indústrias farmacêuticas investem em marketing para manter em evidência antigos campeões de vendas que não têm a patente protegida. (Págs. 1 e B1)

Segredo da longevidade
Cientistas da Universidade de Boston descobriram um traço genético da longevidade ao analisar o DNA de pessoas com mais de cem anos. A ideia é disponibilizar testes gratuitos para identificar esses genes. (Págs. 1 e B2)

Expansão da Panvel
A rede de farmácias gaúcha Panvel, também proprietária do laboratório Lifar, vai entrar no mercado de “cosmecêuticos” com marca própria – a empresa já produz para terceiros. Em 2011, a rede também chega ao Paraná, diz Julio Mottin Neto. (Págs. 1 e B5)

Ex-sócio leva Cobra à Justiça
Ex-sócio da espanhola Cobra demanda na Justiça parte do dinheiro obtido com a venda de sete linhas de transmissão no Brasil. O valor em disputa pode ultrapassar os R$ 450 milhões. (Págs. 1 e B7)

Preço do trigo vai ao Judiciário
A Federação da Agricultura do Paraná (Faep) vai recorrer à Justiça contra portaria do Ministério da Agricultura, publicada ontem, que reduziu em 10% o preço mínimo para o trigo. (Págs. 1 e B12)

BC mira tarifa de cartões
O Banco Central passará a regular a cobrança de tarifas pelas empresas de cartões de crédito, por meio de alteração na Resolução 3.518 do CMN, que trata de tarifas bancárias. Pouco mais de dez cobranças deverão permanecer. (Págs. 1 e C1)

Aposta em energia renovável
Começa hoje a reserva de ações da Renova, geradora com foco em fontes renováveis de energia. A oferta, paralisada em março por conta das más condições do mercado, poderá movimentar até RS 229 milhões. (Págs. 1 e D2)

Ideias
Cláudio Couto
Celeuma armada pelo PSDB em torno do vice de José Serra é o maior erro cometido até agora na campanha tucana. (P´gs. 1 e A6)

Ideias
Márcio Garcia
BC do Chile tem muito mais autonomia operacional que o do Brasil, e ela se estende além das metas de inflação. (Págs. 1 e A15)

Comentários

Related posts

Suriname: situação só é tranquila no formalismo do discurso diplomático

Destaques dos jornais de hoje – Correio Braziliense

Destaques dos jornais de hoje – Correio Braziliense

Leave a Comment