Blog do Pannunzio

Destaques dos jornais de hoje – Valor Econômico

Foto legenda: A expansão ds hortaliças
Nelson Mallmann, do grupo Malmann, um dos maiores produtores de tomates do país, dentro de estufa gigante que ocupa um hectare em Mogi-Guaçu: busca por produtos diferenciados entre os agricultores é sinal de que o mercado de hortaliças passa por processo de mudança. (Págs. 1 e B14)

Infraestrutura atrai nova geração de fundos private
Uma nova geração de fundos de investimento começa a surgir para financiar obras de infraestrutura no Brasil. Entre as novidades estão seu porte bilionário, a participação de investidores estrangeiros e a possibilidade de comprarem títulos de dívida, como debêntures.
Neste ano, esses fundos estão levantando pelo menos R$ 5 bilhões. É o caso do P2 Brasil, gerido por uma parceria entre o Pátria Investimentos e a Promon, que deve alcançar quase R$ 2 bilhões. A maior parte da captação já foi feita entre investidores no exterior, apurou o Valor . Seu alvo é a compra de posições de controle em empresas de infraestrutura.
Outro caso é um fundo de R$ 2 bilhões da Vinci Partners, que pretende atuar como uma alternativa de financiamento para o setor, comprando, por exemplo, papéis de dívida das empresas. Os gestores dessa nova geração de fundos estão atentos ao fato de que as obras vão precisar de outras fontes de financiamento além dos bancos estatais. (Págs. 1 e C1)

Estados deixam problemas da dívida para trás
A dívida consolidada líquida de R$ 345,8 bilhões dos Estados com a União deixou de ser um problema orçamentário e um entrave ao investimento. Com as contas saneadas e arrecadação em alta com a expansão da economia, os governos estaduais exibem bons níveis de solvência e pleno enquadramento aos parâmetros de endividamento da Lei de Responsabilidade Fiscal. (Págs. 1 e A3)

Gávea e TPG são os novos sócios da Rumo
Os fundos de investimento Gávea e Texas Pacific Group (TPG) tornaram-se sócios da Rumo Logística, empresa de transporte ferroviário de açúcar controlada pela Cosan. Eles investiram, juntos, R$ 400 milhões e vão ficar, cada um, com 12,5% do negócio, calculado em R$ 1,6 bilhão. A Rumo deverá ir à bolsa quando as condições se tornarem favoráveis, diz Marcos Lutz, CEO da Cosan. (Págs. 1 e B1)

Derrota antecipada da seleção deixa comércio popular com estoque encalhado (Págs. 1 e A4)

O “senador das princesas” busca o voto da periferia (Págs. 1 e A12)

Lufthansa quer receber logo jatos da Embraer, diz Gemkow (Págs. 1 e B1)

Localização além-fronteiras
A brasileira LBS Local, dona dos sites Apontador e MapLink, estreou no início do mês seu serviço de localização de ruas em Buenos Aires. Nos próximos meses, chega ao México e, até 2012, ao Chile e Colômbia. (Págs. 1 e B3)

Sabão mais sustentável
Em dez dias, a Unilever inicia campanha para divulgar várias mudanças em suas linhas de sabão em pó – Omo, Brilhante e Surf. A principal delas é retirada do fosfato de sódio da composição, por razões ambientais. (Págs. 1 e B4)

Gargalo portuário
Movimentação de contêineres nos portos brasileiros deve superar os números de 2008, anteriores à crise, mas deficiências de infraestrutura impedem uso de navios maiores, o que reduz a eficiência. (Págs. 1 e B10)

Centro de pesquisas da GE
Belo Horizonte, Rio, São Paulo, Campinas e São José dos Campos disputam a instalação do quinto centro de pesquisas da General Electric no mundo, o primeiro no Brasil, um investimento de US$ 150 milhões. (Págs. 1 e B11)

Foco no pré-sal
A americana FMC, maior fornecedora de equipamentos para produção de petróleo do mundo, é a terceira grande empresa estrangeira a se instalar no Parque Tecnológico da UFRJ. (Págs. 1 e B11)

Retomada nas ofertas de ações
A oferta de ações do Banco do Brasil contribuiu para levar o volume de operações registradas na CVM no primeiro semestre a R$ 24,1 bilhões, mais que o dobro do total no mesmo penado de 2009. (Págs. 1 e D9)

SDE confirma restrição à BRF
Parecer da Secretaria de Direito Econômico, do Ministério da Justiça, repete as recomendações da Fazenda para aprovação da fusão entre Sadia e Perdigão – entre elas, o licenciamento de uma das duas marcas. (Págs. 1 e D9)

Emprego dos sonhos
Liberalidade e descontração no ambiente de trabalho levam o Google, pela primeira vez, ao topo do ranking na pesquisa Empresa dos Sonhos dos Jovens, da Cia. de Talentos. (Págs. 1 e D10)

Ideias
Sergio Leo
Autoconfiança de Brasil e Argentina pode levar ambos os países a cometer erros de avaliação, não só sobre futebol. (Págs. 1 e A2)

Ideias
Luiz Carlos Mendonça de Barros
Há uma aterrorizante semelhança entre a conta-movimento do BB na ditadura e a forma como vem operando o BNDES. (Págs. 1 e A11)

Comentários

Related posts

Destaques dos jornais de hoje – Jornal do Brasil

Serra e Dilma vão apoiar decisão do governo sobre reajuste de aposentados

TRF tem até amanhã para apresentar medidas tomadas para apurar grampos

Fábio Pannunzio

Leave a Comment