Blog do Pannunzio

Antes do prazo legal, Índio já pede votos na internet

Guilherme Scarance

Escolhido vice do candidato José Serra (PSDB) em cima do prazo legal, o deputado Índio da Costa (DEM-RJ) não esperou o início oficial da corrida à Presidência para começar a pedir votos.

O pedido foi feito via Twitter, por volta das 21 horas de domingo, 4. “Conto com seu apoio e com o seu voto. Serra Presidente: o Brasil pode mais”, escreveu o parlamentar (https://twitter.com/depindiodacosta), no domingo à noite, em resposta a outro usuário do Twitter, identificado como @CelsoJFerreira. Esse usuário havia deixado no Twitter o seguinte recado para Índio: “Prepare-se, ser vice não é fácil.”

Consultada pelo Estado, a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo informou que a prática fere a Resolução 23.191. Eis o que diz o capítulo 5 da norma, intitulado “da propaganda eleitoral na internet”: “Art. 19. É permitida a propaganda eleitoral na internet após o dia 5 de julho do ano da eleição (Lei nº 9.504/97, art. 57-A).” O TRE não quis se manifestar, porém, sobre eventuais punições, alegando que a legislação sobre internet é recente e depende de interpretação do juiz eleitoral.

No dia 25, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, causou grande confusão para os tucanos ao anunciar no Twitter que o vice de Serra seria o senador tucano Álvaro Dias (PR). A informação veio à tona no meio do jogo do Brasil com Portugal, pela Copa do Mundo da Fifa.

Clique aqui para ler a íntegra no site do Estadão

Comentários

Related posts

CCJ da Câmara aprova projeto que libera bingos

Em Pernambuco, Jarbas diz que Lula acha que pode ficar acima de Deus

Câmara Legislativa tenta evitar constrangimento de dar posse a distrital preso

Leave a Comment