Deu no jornal Notí­cias O Globo Polí­tica

Oposição contesta argumento de que novo tributo resolveria mazelas da saúde

Isabel Braga e Adriana Vasconcelos, do jornal O Globo – A oposição recebeu com reservas e pesadas críticas a ideia de ressuscitar a CPMF, na forma da Contribuição Social da Saúde (CSS), que garantiria mais recursos à saúde. Para os líderes da oposição no Congresso, não há justificativa plausível nem clima político para a recriação do imposto. A saída para o caos na saúde pública brasileira, alegam, passa pela regulamentação dos recursos que devem ser investidos no setor e melhoria de gestão. ( Leia também: Presidente do PT diz no Twitter que todos os governadores são a favor da CPMF )

A oposição enfatiza ainda que, depois do fim da CPMF, o governo aumentou outros impostos, conseguindo arrecadar bem mais do que o que era obtido com a contribuição sobre movimentação financeira, mais conhecida como imposto do cheque. ( Vote: Você é a favor de um novo tributo para a saúde? )

Líder do DEM na Câmara, o deputado Paulo Bornhausen (SC) repudiou a ideia e disse que o partido não permitirá que a população pague “a conta da eleição”. Segundo ele, a defesa feita por governadores do PSB atende a “capricho vingativo” do presidente Lula e da presidente eleita, Dilma Rousseff, de querer recriar o imposto derrubado em 2007 pelo Senado. ( Governadores do PSB defendem novo imposto para substituir a CPMF )

Para ler o original clique aqui: Oposição contesta argumento de que novo tributo resolveria mazelas da saúde – O Globo.

Comentários

Related posts

Vai-se Romeu Tuma, o delegado que sobreviveu à ditadura

Fábio Pannunzio

TV do Serra – programa da tarde deste sábado

Fábio Pannunzio

Para Hillary, Dilma criou ‘padrão global’ contra a corrupção

Leave a Comment