Blog do Pannunzio

Relatório pede demissão imediata de 218 funcionários do Senado

Com informações do G1.

A Diretoria-geral do Senado confirmou hoje que 218 funcionários da Casa foram nomeados por ato secreto. Os números constam do relatório assinado pelo advogado-geral da instituição, Fernando Bandeira de Melo. O documento recomenda a demissão imediata de todos esses servidores.

Entre os nomeados secretamente estão “fantasmas”, servidores já exonerados e funcionários nomeados pelo ato e que trabalham normalmente.

Mesmo depois de demitidos, todos os servidores contratados irregularmente podem ser recontratados.

Mas, segundo a diretoria-geral, essas exonerações só vão ser efetivadas em 30 dias, quando uma comissão criada para avaliar os atos concluirá os trabalhos.

Para ler a matéria completa, basta clicar aqui.

Comentários

Related posts

Alencar quer ser candidato ao Senado em 2010

Sarney muda diretor de comunicação social do Senado

Fábio Pannunzio

Lula diz que “cairá do cavalo” quem acreditar em seu sumiço pós-2010

Leave a Comment