A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou  que o comportamento dos dois delegados da Corregedoria da Polícia Civil que despiram...

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou  que o comportamento dos dois delegados da Corregedoria da Polícia Civil que despiram à força a escrivã V.F.S.L., presa em flagrante por corrupção, foi objeto de um inquérito policial ao qual foram anexadas as imagens reveladas em primeira mão pelo Jornal da Band e Blog do Pannunzio.

As imagens, gravadas por ordem dos próprios corregedores, revelam a maneira abusiva com que V.F.S.L. foi constrangida antes de receber voz de prisão. Em poder dela foram encontradas cinco fac-símiles de notas de R$ 50 que, supostamente, comporiam a prova material do recebimento de suborno. O dinheiro foi entregue por um homem que deveria ter sido autuado por porte ilegal de arma, mas deixou a delegacia sem ser molestado (saiba mais aqui).

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública, o Ministério Público paulista acompanhou as investigações e teria solicitado o arquivamento do inquérito, posição acatada pelo juiz responsável pelas investigações.

Uma fonte do MP assegurou que, se a informação estiver correta, pouco ou nada poderá ser feito para punir o abuso. “Só é possível reabrir o caso se houver o surgimento de novas provas”, disse um dos promotores do grupo que vai analisar o caso. Segundo a fonte, apesar de as imagens revelarem uma situação terrível e degradante, a aplicação de sanções penais pode ser impossível a esta altura.

As penas para os  crimes em que os delegados podem ser hipotéticamente enquandrados, caso seja possível reabrir o caso, são pequenas. O constrangimento ilegal, tipificado pelo Artigo 146 do Código Penal, prevê pena máxima de prisão de um ano. O mesmo  está previsto para o abuso de poder, prescrito pelo Artigo 350 do CPB. A hipótese de prescrição, no entanto, está afastada. Ela só aconteceria, de acordo com o Artigo 109, quatro anos depois do cometimento dos crimes.

Outra hipótese a ser considerada seria denunciar os delegados por prática de tortura, definida como “submeter alguém sob sua guarda, poder ou autoridade, com emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar castigo pessoal” pela Lei 9.495/97. Mas a fonte alerta que dificilmente isso redundaria em condenação, uma vez que não há, no vídeo, evidência de grave ameaça ou dolo, embora o constrangimento seja evidente. A pena, nesse caso, poderia chegar a oito anos de prisão.

A fonte observa, no entanto, que há, na gravação, um  indício de que o flagrante pode ter sido preparado pelos delegados da corregedoria, o que é vedado pela Súmula 145 do STJ. Trata-se da declaração do policial que deu voz de prisão de que as cédulas eram, na verdade, notas xerocopiadas.

“Há uma enorme diferença entre flagrante preparado e flagrante esperado, que pode efetivamente redundar em condenação. Mas isso só pode ser estabelecido depois que forem conhecidos detalhes da conduta que motivou a prisão”, diz a pessoa consultada pelo Blog. No flagrante preparado o agente induz ao cometimento do crime, que de outra forma não teria acontecido.

De acordo com a fonte, é impossível entender por que a atitude execrável dos delegados da Corregedoria não teve como consequência uma denúncia e a abertura de um processo criminal. “Nem mesmos evidências muito sólidas de que a escrivã recebia suborno poderiam justificar o desrespeito que as imagens revelam”, arremata.


  • silva silvin

    14/06/2011 #1 Author

    Eh impressionante ,por isso que esse pais nao muda (eita OAB) todos defendem a bandida,democracia nao eh isso meu filho!!!!!!!!!!!

    Responder

  • Anonimo

    10/06/2011 #2 Author

    A lei é clara, o artigo 249 do CPP diz: "Art. 249. A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência." Assim, se considerarmos friamente a letra da lei pode haver busca em mulher se importar em retardamento ou prejuízo da diligência, mas entendo que neste caso em específico não havia o item: "prejuízo da diligência", pelo simples fato de existirem policiais femininas no local e pela concordância da funcionária infratora, assim, a busca estaria concretizada da mesma forma. Houve erro portanto. (vamos comentar e deixar nossa opinião contra os excessos, só assim teremos uma sociedade justa!)

    Responder

  • Paulo Teles

    26/02/2011 #3 Author

    Diabólico e Sinistro! Em uma sociedade Democrática não existe espaço para atos como estes. Isto é uma covardia de pessoas que deveriam cumprir a Lei. Abuso de autoridade deveria ter punição Tripla!!!

    Responder

  • Hebert

    25/02/2011 #4 Author

    Sem querer defender aqueles que cometem crimes como exemplo dessa mulher. Ela errou e terá que ser presa. Certo? Ok. Mas a atitude dos delegados não tem procedencias. FOI UM ABSURDO! ABUSO! DESRESPEITO! FALTA DE PROFISSIONALISMO. Sabemos que o profissional tem que lutar e mostrar bons serviços para conseguir ganhar confiança de todos, mas não se pode passar por cima de tudo, inclusive das leis( É o caso do delegado de policia). Esse procedimento de revista qualquer um sabe que é ilegal, em qualquer pais do MUNDO! Imagine se fosse na Arabia Saudita, os dois estavam inforcados agora. AGORA! VOCÊS DUVIDAM QUE SE ISSO ACONTECEU COM ELA QUE ERROU, JÁ ACONTECEU COM GENTE INOCENTE QUE FOI PEGA COMO SUSPEITA E CAIU ALI? VAMOS GENTE SABEMOS MUITO BEM QUE ISSO ACONTECE, E JÁ ACONTECEU E PAROU NA MIDIA MUITAS VEZES. Enquanto aqueles que ficam ai jugando um erro para sobrepor outro, e acham que a policia estaria fazendo um bem para a sociedade agindo dessa forma.

    Responder

  • Dema T

    25/02/2011 #5 Author

    como tem gente q não entende de nada por aqui!!! tão crucificando a policial, mas até agora não foi apresentada nenhuma prova que ela pediu ou pegou o dinheiro!!!!
    antes de falarem besteira se atenham aos fatos!!!
    flagrante forjado e ainda introduziram notas xerocopiadas na policial!!!
    queria ver se a polícia tivesse agindo assim com a mulher ou filha de algum de vcs que defendem essa ação!!!

    Responder

  • Marcus Lessa

    25/02/2011 #6 Author

    Concordo com um comentário que diz que bandido tem que ir pra cadeia, porém, até mesmo o bandido tem que ter seus direitos (já que lhe deram direitos) respeitados. Não vivemos nos países que os direitos não existem. Não se pode permitir que tais ABUSOS sejam cometidos, pois um dia eles poderão acontecer conosco, com um parente ou amigo nosso. Temos que ver as coisas como um todo. Casos de abusos vemos todos os dias, pessoas tem sido mortas justamente por isso, pela falta de bom senso nas ações. Nesse caso os envolvidos não estavam interessados apenas na revista, pois poderiam ter aguardado uma policial feminina chegar, mas queriam ver a menina pelada. A sessão de striptease forçada tem que valer uma exoneração para que os Meliantes com distintivo não nos ataquem. Outra coisa. se falou da corrupção…. NÃO EXISTE CORRUPTO SEM CORRUPTOR.

    Responder

  • ale

    25/02/2011 #7 Author

    Os fins não devem justificar os meios, também acredito ser execrável a atitude da policial civil corrupta, contudo, nada justifica o comportamento covarde dos agentes públicos. Covarde, vez que com certeza o tratamento seria outro se fosse um empresário ou um parlamentar, é fácil subjugar aqueles que não tem como se defender; é crível que regimes autoritários iniciam com o pensamento de que "bandidos" não têm direitos, porém, existem figuras próprias no Estado para julgar (judiciário), não cabe aos agentes policiais, de plano, decidir, sem um julgamento, quem é ou não culpado. Até porque onde uma pessoa vê um bandido (policial corrupta), outra pode ver uma sala inteira (constragimento, abuso de poder, omissão etc).

    Responder

  • Beto

    24/02/2011 #8 Author

    Pô p/ a instituição interna não existe o policial, a policial, todos são policiais o assunto é interno e a corregedoria está para corregir e combater os maus policiais que por ventura entrarão para esta instituição por passarem nas provas más tem o mau carater. Tenhamos certeza de que se foce, policial integro, imaculado, polido,inexorável, não enfrentaria a Corregedoria desta instituição.

    Responder

  • Elcio

    23/02/2011 #9 Author

    Meus Deus, queria ver se fosse com a mulher do delegado, FDP. Justiça de merda que temos.

    Responder

  • Matosão

    23/02/2011 #10 Author

    Olha, eu queria ver se esses covardes, que não tem o direito de serem chamados de policias e sim de otários! se fosse eu com 1:94 115 kilos! se eles irião tirar as miinhas roupas desta forma com esta covardia e brutalidade!! no video tem um babaca metido a bombado que não aquenta um tapa falando alto com a escrivã, Gostaria de ver esse cara fazer isso com um cara do tamanho dele….. a como eu queria ver se ele falaria tão alto quanto ele falou com a moça!!!!!
    Espero que a corregedoria que foi desmoralizada, faça alguma coisa a altura que a sociedades espera. Sabemos que vai acabar em pizza, mais á esperança é a ultima que morre!!

    Responder

  • sidia

    23/02/2011 #11 Author

    João, para salvar a vida dela, até eu, consentiria tirar a roupa, o que não foi o caso. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, entendeu, se fossem os bombeiros ou a alguém tentando me socorrer ou quem sabe uma junta médica decidindo sobre uma cirurgia, mas, aquilo ali é uma junta de jumentos dando coice para todos os lados.De o povo brasileiro ser mais ousado é uma coisa, ser abusado como você propõe é outra coisa, lá vai você trocando uma coisa pela outra. se dedique mais em leitura e interpretação de texto.

    Responder

  • sidia

    23/02/2011 #12 Author

    Estas coisas, que se passam por policiais, e o promotor, idem, que vergonha! que desgraça! Como é que pode esses "homens" serem servidores públicos?!,homens fraquinhos, sem muita firmeza de caráter, uns tipinhos de umas masculinidades sem muita consistência, feitos de matéria ordinária.simplesmente, R-E-P-U-G-N-A-N-T-E-S!. Tudo foi feito com muito exagero, muita desproporcionalidade. Quero ver eles mostrarem toda essa macheza, no combate a corrupção com os parlamentares lá de Brasília, vocês acham que eles iriam?

    Responder

  • Sidia

    23/02/2011 #13 Author

    Fabio, Luiz , ela tem que pagar o que deve de acordo com a lei, não do jeito que eles querem, desse modo é melhor rasgar a Constituição, todos os crimes deixariam de ser crimes, é assim que você acha melhor? tanto eles como ela incorreram em crimes, um erro não pode justificar o outro, e, pela opinião da maioria, os que não estão a favor dessa selvageria rídicula, exibicionista, movida mais por uma arrogante vaidade do que pelo cumprimento do dever, ou quem sabe, de forma nem tanto disfarçada, contemplar a nudez da moça..essas autoridades, que para mim são falsas, pois não se apoiam na lei para cumprirem seus papeis, mais parecem estar trabalhando numa sucursal do inferno.

    Responder

  • cristiano kimble

    21/02/2011 #14 Author

    Parabens aos corregedores que não deram mole para essa corrupta.
    EStou farto de ver bandidos de gravatas e cabelos loiros pintarem e bordarem a nada acontecer. Ate agora não vi quase ninguem falar da atitude lamentavel dessa escrivâ. Talvez ja estejam acostumados a verem impunidade no pais.Direitos humanos para quem e humano. DIreitos para as crianças famitas e não para corruptos.
    Surgiro que os direitos humanos levem essa carrupta para casa, mas tomem cuidado com suas carteiras.

    Responder

  • FABIO LUIS

    21/02/2011 #15 Author

    SE esta onda pegar: MULHERES vao se vender, alugar seus corpos para traficar drogas e armas dentro da calcinha, JA QUE POLICIA NAO PODE REVISTAR!!!!!! Sinceramente, se fosse minha irma, parente, errou tem que pagar, NAO importa o constrangimento. RATIFICO: Imagine ser assaltado, roubado, morto ou violentado sexualmente e muito mais, POR ALGUEM que deveria estar preso – atras das grades – E nao esta porque simplesmente uma PROFISSIONAL DE SEGUNRANCA PUBLICA, deixou o individuo sair impune. COITADINHA DELA, PRECISA DE DINHEIRO!!!!!! Se fosse sua mae, irma, esposa, filha atacada por este individuo que deveria estar preso, TENHO PLENA CERTEZA que iria criticar a POLICIA por nao "fazer nada" e se tivesse oportunidade de voltar no tempo: IRIA DAR LOUVORES A ATITUDE DESTES POLICIAIS. obs:. uma CORRUPTA aparecer pelada e ABUSO DE AUTORIDADE, ATITUDE VERGONHOSA???? CARNAVAL TA CHEGANDO: AI PODE APARECER MULHER PELADA A VONTADE QUE NAO TEM PROBLEMA: e' pura diversao certo? Ja pensou quantas prisoes nao foram REALIZADAS por atitudes semelhantes que esta ex-escriva COMETEU?, quantos roubos, homicidios, furto, etc poderiam ser evitados?

    Responder

  • Eraldo

    21/02/2011 #16 Author

    Sou Policial Federal e estou envergonhado. A suspeita, em vários momentos, diz que irá tirar a roupa, mas na frente apenas das mulheres. Porque não foi feito assim??? A situação é gravíssima e remete aos tempos em que os fins justificavam os meios. Logo voltaremos aos "paus de arara" para extrairmos confissões. O que deve ser urgentemente esclarecido, e que pode tornar o fato mais assombroso, é se o MP e o Juiz que homologou o flagrante tiveram (ou não) acesso ao vídeo. Se tiveram, então Deus nos proteja!!!!

    Responder

  • Helen

    21/02/2011 #17 Author

    Eu nuncav vi barbárie pior. A escrivã pode até ser corrupta, mas eles foram inteiramente arbitrários. Sem dúvida, foi uma cena lastimável.

    Responder

  • luiz carlos de oliveira

    21/02/2011 #18 Author

    Caros , infelismente a situação do nosso país esta virada do avesso , temos leis que ninguem cumpre , a policia que prende bandidos e no outro dia estão soltos , pessoas assasinadas todos os dias , bandidos mais armados e preparados que policiais, e muita gente com peninha da escriva corupta , em certos paises como a china por ex , ela poderia levar um tiro na nuca por corupção , se ela não quisesse correr o risco de ter suas partes intimas expostas então não esconde-se dinheiro lá, o que vimos é mulheres querendo se aproveitar de um direito para cometer crimes , é comum mulheres esconderem celulares , drogas , dinheiro etc etc etc , ninguem reclamou quando aquele deputado foi pego com dinheiro na cueca , alguem o revistou também , quanto a violencia fisica é obvio que houve , quantos casos já vimos de policiais sendo obrigados a usar da força para prender bandidos ??

    quem assiste por ex programas do tipo policia 24 horas americano , não me lembro do nome do programa , ve claramente que a policia americana não é tão bonzinha com bandidos e que lá nos estados unidos nada fica no caminho da LEI , no entanto no Brasil , menores podem matar a vontade e agora queremos que mulheres possam ser criminosas a vontade??? Quando dizemos que os policiais estão errados , estamos claramente dizemos a policia que é melhor ela não fazer nada , que é melhor ela permtitir o crime do que prender bandidos ,

    Responder

  • Eduardo Henrique

    21/02/2011 #19 Author

    No meio policial de São Paulo, estão dizendo que este vídeo só vazou por que o mesmo delegado Eduardo Henrique agrediu a esposa de outro policial, um tal de Bayard, que tava na sala quando desta operação Hitleriana. Dizem ainda que vários vídeos foram destruidos em situações tão criminosas quanto esta, mas em que não se provou nada contra os suspeitos, tudo com o aval de um senhora Dona Maria Ines.

    Responder

  • Agnelo M da Silva

    20/02/2011 #20 Author

    Fiquei hororizado achei uma verdadeira covardia , se fizeram isso com uma colega de serviço, imagine o que nao é fito com os pbres e os negros e as prostiutas dentro de uma delegacia. eu fiquei traumatizado ´so em ver o vidio imagine a moça que sofreu a tortura , eu acho que ningem é assima da lei.

    Responder

  • revolta

    20/02/2011 #21 Author

    nossa, que bando de machinho babaca…olha, direitos humanos não é só pra bandido não viu e pára de pensar que vc , honestinho, que fura sinal quando ta com pressa, pára seu veículo em espaço de carga e descarga ou em cima da calçada (“ah, é só um pouquinho”), e que acha que mulher não devia ter lei maria da penha, continua aí pensando que vc não tem nada a ver com essa bandalheira toda, vc não vota né, paga suas contas, ganha mal, e escreve oferece com ç…. ela agiu errado sim, mas foi ilegal “mostrar a piriquita”, AFINAL, pra agentes femininas hora nenhuma ela se recusou, reveja o vídeo, vc aí que deve ter até batido uma p******* quando assistiu. REVOLTANTE.

    Responder

  • Andre

    20/02/2011 #22 Author

    Foi uma açao correta,policial corrupto é na cadeia,ela deveria estar presa.

    Responder

  • Anônimo

    20/02/2011 #23 Author

    Foi pouco pra uma servidora que deveria ajudar a combater o crime e não compactuar com ele, exigindo proprina para beneficiar outras pessoas, malém de tudo é muito burra… por "200 contos"…brincadeira, né?

    Responder

  • paula

    20/02/2011 #24 Author

    É lamentavel a postura do MP junto ao caso da escrivã , pois entende-se que o MP faz defende a população de crimes ,nesse caso a escrivã antes de ser profissional é uma pessoa humana e merece respeito, ainda mais onde esta os defensores dos direitos humanaos que não interviu no caso, esse nossso país esta se tornando uma vergonha ou seja, hoje em dia ser brasileira e motivo de chacota e como dizem os estrangueiros no Brasil as mulheres so gostam de tirar a roupa e quando as mesmas nao fazem isso de espontanea vontade

    Responder

  • Deborah

    20/02/2011 #25 Author

    talvez quem acha isso normal é pq vê a mãe sempre mostrar para todo mundo na esquina!

    Responder

  • MariaJoana

    20/02/2011 #26 Author

    SE, for para tirar a roupa dos POLICIAIS que a população
    suspeita de ter pego R$.200,00.
    ACABOU o uniforme da Polícia !!!

    Responder

  • Filho

    20/02/2011 #27 Author

    Esta é a polícia que corrige a polícia? Meus DEUS…sem palavras.

    Responder

  • JUCA PIRUCA

    20/02/2011 #28 Author

    A GESTAPO VOLTOU

    Responder

  • eumesmo

    20/02/2011 #29 Author

    Esse é o Brasil, pais da corrupção, politica podre, e policia despreparada que e ocaso desses dois que se dizem delegados, e mais repuguinante e a justiça que diz que não ouve abuso, esse e o Brasil, que sabe um dia ele paguem por isso, se não aqui mas em outro tempo.. Paz a todos..

    Responder

  • horror

    20/02/2011 #30 Author

    Estamos perdidos nesse mundo….

    Quem deveria ter uma conduta honrosa, fazer tal covardia contra uma mulher… é ridículo…

    Por mais erronêa seja a conduta da escrivã, ela é uma mulher e nunca poderia ter sido humilhada como foi, varios policiais juntando força para "massacrar a dignidade daquela dama"… … … sei lá… pra mim é inadmissivel… namoro há mais de 4 anos… Nem sei como eu seria capaz de me vingar de tais pessoas…

    Espero que a justiça seja feita… Não estou fazendo draminha aqui, só estou envergonhado de pessoas que assim como eu são brasileiros…

    Responder

  • lucas

    20/02/2011 #31 Author

    Não adianta recorrer aqui no brasil, teve a historia do motoboy que foi morto pela policia, um cara trabalhador não tinha envolvimento com nada e mesmo assim foi assassinado cruelmente por policias, a justiça de são paulo absolveu os policias, a familia entrou no STJ e nada também, dai enviaram um pedido a corte americana, não passou duas semana os policias foram presos e ex pulsos da corporação, não gosto de policia, mas sei que tem muitos policias honestos e alguns que acham que são donos da verdade. Só digo uma coisa, estamos perdidos quando a mídia nos abandonar, deve ter um regime muito fodido no brasil, porque entra e sai político e nada muda, eu acho que funciona assim: ou faz parte do sistema ou vira finado.

    Responder

  • Adilson

    20/02/2011 #32 Author

    É inadimissível o comportamento desses policiais sob o pretesto de um " possível crime" cometido pela VÍTIMA, mais intrigante é o posicionamento da corregedora chefe, bem como do secretário de segurança e do governador. Os envolvidos em atos desta natureza deveriam ser afastados imediatamente do policial de menor patente até o secretário de segurança, onde estamos?????? isso deveria ser denunciado à organizações internacionais de direitos humanos. Absurdo!!!!!!Parabéns Pannunzio!

    Responder

  • João

    19/02/2011 #33 Author

    Me digam uma coisa…..vcs preferem que esta mulher continuasse a executar estes atos até quando………agora se uma pessoa esta morrendo e para salvar a vida dela precisamos retirar a sua roupa iremos ou nao retirar sem a sua permissão para salvar a mesma…..da mesma forma é este caso, ela roubou e a
    unica forma de provar é encontrando a prova do crime…até quando gente vamos vir passando a mão na cabeça de bandido……pediu uma, duas vezes com educação a nao atendeu tem que merter o porreto mesmo, Povo Brasileiro acorda……Pra este Pais melhorar precisamos ser mais ousados e deixar de dar ouvidos para bobagens…….aqueles policias que todos julgam como errado estão fazendo o trabalho deles, eles estão retirando verdadeiros bandido de dentro da policia separando o joio do trigo AGORA SE PREFEREM OS BANDIDOS E AQUELA VELHA HISTORIA DOS DIREITOS HUMANOS QUE NESTE PAIS SÓ SERVE MESMO PARA BANDIDOS…FIKA ASSIM ENTÃO…..

    Responder

    • Theabf

      26/02/2011 #34 Author

      O problema é que ela vai continuar. A prova obtida por meio ilícito não pode ser usada no julgamente e nem para embasar a prisão em flagrante. Por causa dessas merdas dessas polícias, a corrupta vai ficar solta!

      Agora pergunto: custava trabalhar direito?

  • laine

    19/02/2011 #35 Author

    esse delegado deve ser afim dessa moça por isso essa bagunça toda pra ve-la nua!!!!

    Responder

  • laine

    19/02/2011 #36 Author

    vergonha

    Responder

  • FABIO LUIS

    19/02/2011 #37 Author

    era tao simples assumir o erro, ter vergonha na cara e tirar o dinheiro da calcinha e porque nao o fez? porque sabia que estava ferrada e mesmo assim quis tirar proveito da situacao, tanto que chamava o Doutor. com certeza ira arrumar um advogado e pedir indenizacao por danos morais. e vai rir da cara dos policiais com dinhero no bolso. e assim ri tambem da nossa cara. nao devemos aceitar CORRUPCAO, ERROU TEM QUE PAGAR, se ela fosse honesta NUNCA-NUNCA-NUNCA passaria por tal situacao, mesmo que a atitude dos policiais nao justifique tal ato, MAS PORQUE ELA NAO RETIROU O DINHEIRO DA CALCINHA?

    Responder

    • sidia

      23/02/2011 #38 Author

      Fabio luiz Porque sabendo que existia esta possibilidade de indenização, se existia é porque alguém está errando no agir, neste caso a polícia. Pergunto por que fizeram o jogo dela, já que são conhecedores da lei?
      Se for pelo seu raciocínio, só se eles estavam querendo deividir a bolada com ela, não é coerrente?
      Agora, estou começando a desconfiar que você seja, parente, amigo desses fora da lei, está defendendo muito o bando

    • SILVA

      06/03/2011 #39 Author

      SEU FABIO,PENSA BEM OQUE ACONTECEU E TENTE VISUALIZAR A SITUAÇÃO….SE ESTA MOÇA TINHA DINHEIRO NA CALCINHA E A POLICIA SABIA,PORQUE ENTÃO NÃO A LEVOU PARA SER REVISTADA POR POLICIAIS FEMENINAS SENDO QUE A MOÇA NUNCA FALOU QUE NÃO TIRARIA A ROUPA,APENAS FALOU QUE NÃO FICARIA PELADA NA FRENTE DE HOMENS..AGORA SE FOSSE SUA MULHER,FILHA,IRMÃ,MÃE VOCE POR ACAS POSTARIA AQUI ESTE SEU COMENTARIO ABSURDO..?…A NÃO SER QUE VOCE SEJA UM DESTES QUE COMETEU ESTE CRIME VIOLENTE E ARBITRARIO,OU É AMIGO,PARENTE….SE EXPLIQUE MELHOR,POR FAVOR….

  • frank

    19/02/2011 #40 Author

    todos falam da ação da polícia em despir a moça para procurar provas legais afim de combater a corrupção que ela estava realizando dentro desta instituição pública!

    E as pessoas que foram despidas de seus direitos constitucionais ao serem subornadas por essa mulher?

    tem que olhar mesmo, se não tiver provas, como a polícia vai prender estes bandidos? e outra coisa no carnaval tem mulher pelada pra todo lado, e isto não é atentado ao pudor?

    a polícia agil legalmente neste caso e ponto final!

    Responder

    • bibliobelas

      21/02/2011 #41 Author

      Pensamento tosco este.

      Ninguém está defendendo o delito da mulher. Está apenas se denunciando o delito da polícia que usou de um nível inaceitável de abuso, machismo e selvageria. Sendo ela culpada ou inocente, ser revista por mullheres – TAL COMO ELA IMPLOROU – é direito. E o delegado TINHA A OBRIGAÇÃO de mandar uma das mulheres presentes revistar a acusada. A violência com a qual aconteceu a revista foi totalmente desproporcional e desnecessária. O delito do delegado está mais do que claro.

    • sidia

      23/02/2011 #42 Author

      Frank você está fazendo papel de Frankenstein, No carnaval elas ficam nuas porque querem , não porque foram forçadas percebe a diferença, inocente?

    • SILVA

      06/03/2011 #43 Author

      CARA,VOCE FALA ISSO PORQUE NÃO FOI COM SUA MULHER,FILHA,MÃE,IRMÃ….AI FICA FACIL VIR AQUI E FALAR MERDA…A MOÇA FALOU QUE PODERIA SER REVISTADA,MAS NÃO POR HOMENS,ELA NÃO ESTAVA SE NEGANDO A COLABORAR…PRESTA ATENÇÃO NA SITUAÇÃO E REFLITA NESTE SEU COMETARIO NOJENTO E PODRE,POIS QUANDO ACONTECER ISSO COM SUA MULHER VOCE TERA DE FICAR PIANINHO E AINDA BATER PALMAS PARA SUA QUERIDA POLICIA QUE VOCE TANTO APOIA….FDP….

  • FABIO LUIS

    19/02/2011 #44 Author

    INTERESSANTE QUE ESTAO A JULGAR APENAS OS POLICIAIS, QUANDO QUE A VERDADEIRA SAFADA: JULGADA COMO INOCENTE. O CIDADAO SO VAI APRENDER A ENTENDER ATITUDES COMO A DESTES POLICIAIS – E QUE SE AGEM ASSIM E PQ NOSSA SOCIEDADE ESTA CORROMPIDA PELA MARGINALIDADE E PRECISA SIM DE POLICIAIS QUE NAO TENHAM RECEIO DE AGIR EM FAVOR DA COLETIVIDADE – QUANDO FOREM ALVO DO ATAQUE, ROUBO, FURTO OU HOMICIDIO COMETIDO POR ALGUEM QUE DEVERIA ESTAR PRESO E QUE UMA – QUE DEVERIA DAR EXEMPLO E TRANSMITIR CONFIABILIDADE A NOS – SIMPLESMENTE SE VENDE PARA BENEFICIAR ALGUEM QUE NAO TRAZ BENEFICIOS A COMUNIDADE E SIM TRANSTORNOS, INSEGURANCA E PREOCUPACOES. ESTES POLICIAIS DEVERIAM RECEBER ELOGIOS POR TIRAR DO MEIO DA SOCIEDADES PESSOAS CORRUPTAS, PRINCIPALMENTE POR SE TRATAR DE POLICIAIS QUE TEM QUE NOS TRANSMITIR SEGURANCA E NAO DESCONFIANCA.

    Responder

  • lucas

    19/02/2011 #45 Author

    A atitude foi correta, no brasil onde tem um monte de ladrão a solta, ladrao nao deve ter direito a nada pq a vitíma tambem não tem direito a nada no brasil.E além do mais ela é agente público recebe um salário e aqueles que estão envegonhados pela atitude deveriam se envergonhar de ter uma mulher dessa na polícia e agradecer por ela estar fora da corporação.No brasil o bandido tem direito e o cidadão tem o direito de morrer e ficar calado, sou contra a tortura contra pessoas de bem mais bandido nao tem que ter direito.

    Responder

  • Eduardo

    19/02/2011 #46 Author

    O constragimento foi um tanto quanto demais , porém, é tão bandida quanto os outros!!!! Esse País esta desse jeito pq agora qq coisa é direitos humanos!!! quem tem que ter direitos humanos somos nós que trabalhamos com dignidade e mesmo ganhando pouco, ganhamos de forma honesta!!!!! Prisão a tds os que querem ganhar a vida se aproveitando da facilidade que o cargo ou ocupação lhe ofereçe!!!!!

    Responder

  • rudnei

    19/02/2011 #47 Author

    E voces acreditam,que isto é um caso isolado então não conhecem as Penitenciarias paulistas e seus Diretores e chefes,pois assédio moral como este é aperitivo.

    Responder

  • dimas

    19/02/2011 #48 Author

    UMA VOLTA AOS ANOS 70, QUE HORROR! ABSURDO

    Responder

  • Gerson Carneiro

    19/02/2011 #49 Author

    Horrível! Comportamento típico da Gestapo.

    Depois temos que aturar na tv a cara do Geraldo Alckmin se esforçando tentando passar imagem de seriedade, honestidade, e competência.

    Responder

  • Blota

    19/02/2011 #50 Author

    Fábio. Não quero crer que o comportamento dos dois delegados da Corregedoria da Polícia Civil sejam esquecidos e, principalmente, não sejam punidos de forma exemplar. Na matéria do Jornal da Band a Procuradora de Justiça do Ministério Publico de São Paulo, Luiza Nagib Eluf, classificou as imagens divulgadas como algo que a envergonha. Uma situação grotesca da Polícia.
    Ela é uma personalidade na área criminal, que representou o Brasil, em Pequim, como membro da delegação na Conferencia Internacional da Mulher e, também, responsável pela lei do Assédio Sexual. Portanto, é nossa obrigação perguntar a ela o que pode ser feito para que os envolvidos sejam tratados como merecem pela Justiça. A imprensa não pode se esquecer desta matéria. Os homens honestos da Polícia e da Justiça também.

    Responder

  • restopol

    19/02/2011 #51 Author

    polícia civil de são paulo, está indignada com o caso…
    Pesquisando no D.O cheguei ao nome da escrivã , depois dei ma pesquisada com o nome dela no site do TJ=SP e olha o que apareceu.
    TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    COMARCA DE SÃO PAULO
    FORO DISTRITAL DE PARELHEIROS
    VARA
    Processo nº 012.09.200333-0 – p. 1
    DESPACHO
    Processo nº: 012.09.200333-0 – Outros Feitos Não Especificados
    Autor: JUSTIÇA PÚBLICA
    Autor do Fato: A esclarecer
    Juiz(a) de Direito: Dr(a). Octavio Augusto Machado de Barros Filho
    pra voce se lembrar, o juiz otávio augusto, também é investigado junto com o ex secretario de segurança saulo de castro no caso castelinho, ele deve favores ao governo psdb

    Responder

  • wagner gonçalves

    19/02/2011 #52 Author

    Aos interessados em maiores detalhes acessem o blog do flit paralisante e vejam a indignação e repulsa dos policiais civis aos atos covardemente praticados contra a escrivã. Se ela errou em sua conduta profissional, isto não era motivo pra mesma ser humilhada e punida daquele jeito. E mais covardes foram todos aqueles que assistiram calados tal aberração e esconderam o vídeo por quase dois anos. Sou Investigador de Polícia há 16 anos e meio e pela primeira vez senti vergonha de fazer parte da Polícia Civil de São Paulo.

    Responder

    • Vicente

      20/02/2011 #53 Author

      Não te conheço, mas me solidarizo a vc.

  • restopol

    19/02/2011 #54 Author

    Pannunzio, o caso foi arquivado pelo tj-parelheiros, haja visto que não foi apresentada ao promotor o vídeo, devidamente guardado em um escaninho da corregedoria. Agora, se eu fosse voce, eu iria ao promotor e perguntaria a ele, e tenho certeza que ele vai confirmar que não recebeu no conjunto de provas o video que a band mostrou.

    Responder

  • Dilson

    19/02/2011 #55 Author

    Isso se chama TORTURA – ABUSO DE AUTORIDADE..

    Responder

  • Dilson

    19/02/2011 #56 Author

    Ter certeza de que este é um país democrático?
    Um país no qual a polícia truculente de SP, bate na própria polícia, que deixa uma policial nua defronte a cameras, que bate em vereadores quando da manifestação dos estudantes em razão do aumento das passagens de onibus.
    Socorro!

    Responder

  • Dr. Castro

    19/02/2011 #57 Author

    Pannunzio…..só peço que entreviste pessoas formadas em uma Universidade Digna de Direito….lamentável e verdadeira aberração jurídica o que foi dito acima.

    Vc devia ser mais responsável……..Já que denunciou, agora não passa o pano e dá pra trás.

    Há uma evidência flagrante de crime de tortura e compactuada por todos daquela sala. Todos em breve deverão ter suas prisões temporárias decretadas.

    Se a Secretaria de Seg. apoia esses criminosos pseudo corregedores….. a sociedade paulistana só tende a se desiludir cada vez mais com o desgoverno tucano…….

    A sociedade de bem, a Polícia de bem, não compactua com isso.

    Responder

Deixe uma resposta para Andre Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *