Deu no jornal Folha de São Paulo Internacional Notí­cias Polí­tica

Cercado, Gaddafi ameaça cortar petróleo

O ditador Muammar Gaddafi foi ontem à TV novamente, desta vez para ameaçar corte no fornecimento de petróleo se a revolta na Líbia não for controlada.

O país é responsável por 1,5% do fornecimento mundial da commodity. O preço do barril tipo Brent chegou a atingir US$ 120 ao longo do dia, mas fechou em torno de US$ 111, mesmo patamar de anteontem.

Gaddafi reagiu atacando cidades tomadas pelos rebeldes, que avançam rumo à capital, Tripoli. A revolta já dura dez dias, e mil pessoas podem ter morrido. Confrontos levaram milhares de pessoas a fugir.

Em Tobruk, no leste do país, as vias empoeiradas estão sob o domínio de jovens rebeldes armados de fuzis. Não há nem sinal do ditador, há 42 anos no poder.

Ontem, mais brasileiros deixaram o país em aviões, a maioria com destino à ilha de Malta. Em Benghazi, um barco resgatará mais 146 trabalhadores de construtoras do Brasil.

via Folha de S.Paulo – Cercado, Gaddafi ameaça cortar petróleo – 25/02/2011.

Comentários

Related posts

Polícia abre inquérito para apurar afogamento de criança de dois anos

Bruna Pannunzio

O doce vai para Paulo Henrique Amorim. Acertou em cheio o nome do autor do texto de Veja que só não chamou Médici de bonito

Fábio Pannunzio

Dilma lança pacote que cria parques e reserva indígenas, mas mantém lixões

Leave a Comment