Deu no jornal Folha de São Paulo Internacional Notí­cias Polí­tica

Avião com 114 brasileiros pousa em Malta

Um voo fretado chegou à ilha de Malta na manhã de ontem levando os últimos 114 brasileiros que tentavam sair da capital da Líbia, Trípoli. Segundo o Itamaraty, 148 cidadãos ainda aguardavam para ser resgatados de barco na cidade de Benghazi.

Dos 114 brasileiros, sete são empregados da Petrobras e os demais da construtora Andrade Gutierrez.

A madrasta de Juliana Albuquerque, uma das brasileiras que chegaram a Malta, Flávia Godoy, disse estar aliviada. “Pedi para ela pegar logo o avião, o primeiro. Três horas depois de a Juliana pegar o voo, os aeroportos foram fechados.”

Albuquerque disse não ter visto conflitos, mas afirmou que o grupo está exausto. Eles devem chegar amanhã ao Brasil.

Já três funcionários da construtora Andrade Gutierrez chegaram ontem ao aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Eles foram resgatados por meio de um acordo entre o Itamaraty e Lisboa.

Um avião militar C-130 da Força Aérea de Portugal os tirou do país com um grupo português. De Lisboa, pegaram voo para o Brasil.

Um engenheiro que se identificou apenas como José Geraldo disse que o grupo não viu cenas de violência, pois a construtora sempre os manteve em locais seguros.

“Não vi nada do que aconteceu na cidade. A viagem foi normal, correu tudo bem.”

Marcos Paquetá, técnico brasileiro da seleção de futebol líbia, desembarcou no Rio de Janeiro. Ele disse à TV Globo que só percebeu a dimensão do problema no país quando chegou ao aeroporto em Trípoli. “Era o caos, 80 mil pessoas tentando entrar no mesmo lugar.”

via Folha de S.Paulo – Avião com 114 brasileiros pousa em Malta – 25/02/2011.

Related posts

Tropas leais a Kadafi e mercenários cercam Trípoli

Bruna Pannunzio

Justiça manda bloquear R$ 100 mi do Banco Rural

Produção industrial recua 3% e confirma início de ano fraco

Leave a Comment