Deu no jornal Folha de São Paulo Internacional Notí­cias Polí­tica

Presidente pede fim da violência e diz que ditador “tem de sair”

Em seu mais longo pronunciamento sobre a Líbia, o presidente dos EUA, Barack Obama, voltou a pedir a saída imediata do ditador líbio, Muammar Gaddafi, e disse que está preparando opções “militares e não militares” para a resolução da crise.

Obama afirmou também que uma das opções em estudo é a criação de uma zona de exclusão aérea, proibindo voos sobre a Líbia -defendida pelo premiê britânico, David Cameron, entre outros.

Não disse explicitamente, porém, que vai adotar essa medida ou qualquer outro tipo de intervenção militar.

“Os EUA e o mundo continuam indignados pela violência cometida contra o povo líbio. Gaddafi perdeu a legitimidade para comandar e tem de sair”, disse o presidente americano após encontro com o do México, Felipe Calderón, na Casa Branca.

Obama declarou ainda que autorizou aviões militares a transportar de volta a seus países de origem refugiados que já tenham deixado a Líbia. Equipes de assistência humanitária, disse ele, serão enviadas à fronteira para “atender às necessidades urgentes” dos líbios.

“Nós vamos continuar a enviar uma mensagem clara: a violência tem de parar.”

A proposta da zona de exclusão vinha sendo tratada com cautela por Robert Gates, secretário de Defesa americano. Gates já advertiu que instaurá-la implicaria ataque para destruir as defesas aéreas do ditador líbio.

via Folha de S.Paulo – Presidente pede fim da violência e diz que ditador “tem de sair” – 04/03/2011.

Comentários

Related posts

Dilma tem 53% dos votos válidos, e Serra, 47%, aponta Ibope

Fábio Pannunzio

Pela preservação da Voz do Brasil

Fábio Pannunzio

Saia, Demóstenes, saia!…

Fábio Pannunzio

Leave a Comment