Manchetes Mordomia Notí­cias

Mordomia: CEF leva 400 gerentes para passear em resort nordestino

Vila Galé, o hotel do convescote. Foto: divulgação

O resort Vila Galé é um dos mais luxuosos do País. As diárias, no balcão, chegam a R$ 1 mil. O sistema é all-inclusive — ou seja, tudo o que o hóspede consome está incluído na diária. Até  bebidas alcoólicas importadas. O hotel está situado na Praia do Cumbuco, no Ceará, um paraíso natural acessível a poucos afortunados.

Entre este estão 400 gerentes da Caixa Econômica Federal. Às custas do banco oficial, eles estão lá desde o último domingo e só vão partir sábado que vem. Uma semana de boa praia e da melhor gastronomia por R$ 400 a diária. Multiplicada por 400, que é o número de gerentes reunidos no convescote, a convenção a pretexto da qual o grupo foi reunido vai custar pelo menos R$ 1,12 milhão de reais. Mas a conta será ainda mais salgada, computados os gastos com passagens e diárias dessa turma toda.

Nada contra a realização de econtros de trabalho. Na semana que vem, a Ford do Brasil vai realizar uma grande convenção no mesmo local, para o qual foram contratados grupos como o Skank e a dupla neocapira Chitãozinho e Xororó.  Mas a Ford é uma empresa privada. E em tempos bicudos, de cintos apertados e ajuste fiscal, a convenção faustosa da CEF, que é um banco estata, parece no mínimo inadequada.

Caso o dinheiro (apenas da hospedagem) fosse destinado ao crédito habitacional, seria possível financiar quase 10 casas pelo teto do programa Minha Casa, Minha Vida, que sofreu um corte drástico com o contingenciamento recente do Orçamento da União.

Comentários

Related posts

NASA aborta primeira missão espacial privada meio segundo antes do lançamento

Heraldo Pereira fala pela primeira vez desde que foi alvo de injúrias racistas de Paulo Henrique Amorim

Fábio Pannunzio

Pagot, segundo Adriana Vandoni: Boquirroto arrependido?

Fábio Pannunzio

Leave a Comment