GIULIANA MIRANDA Uma revista científica com acesso gratuito para o público, transparente quanto às condições de edição dos trabalhos e que cobra taxas de publicação até 90% menores que a concorrência pode sobreviver no bilionário mundo dos periódicos acadêmicos? Tem muita gente apostando que sim. Parte do entusiasmo se... Leia mais