Pannunzio Comunicação – Blog do Pannunzio

Manifestantes pedem saída do governador do DF e ocupam a nova sede da Câmara Legislativa

O Globo

Cerca de 60 manifestantes do movimento “Fora Arruda e Toda a Máfia” ocupam, desde a noite de quarta-feira, a nova sede da Câmara Legislativa do Distrito Federal para protestar contra o governador Rogério Rosso (PMDB), recém-eleito em votação indireta. Eles invadiram o prédio principal, que deve ser inaugurado nos próximos meses, e ameaçam só deixar o local se Rosso sair do governo.

A Polícia Militar (PM) foi chamada no início da noite e barrou a entrada de novos manifestantes. A construtora responsável pela obra vai tentar uma saída pacífica.

Na véspera, Rosso enfrentou protestos nas cerimônias oficiais de comemoração dos 50 anos de Brasília, prestigiadas por poucos governadores e autoridades federais. Um grupo de manifestantes do movimento “Fora Arruda e Toda a Máfia” levou um boneco de Tony Panetone – referência aos panetones que o governador cassado José Roberto Arruda (ex-DEM, sem partido) disse ter comprado – e o cercou cantando versos como “O Rosso vai roubar o que Arruda não deu conta”. Policiais tiveram trabalho para dispersar o grupo, de cerca de 30 pessoas, todas com narizes de palhaço.

Procurador volta a defender intervenção
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, voltou a defender a intervenção federal no Distrito Federal. Segundo ele, a eleição indireta de Rosso para o governo agravou ainda mais a situação, já que, dos 13 deputados que o elegeram, oito estariam supostamente envolvidos no escândalo do mensalão do DEM.

Clique aqui para ler a íntegra no site do O Globo

Share the Post:

Join Our Newsletter