Pannunzio Comunicação – Blog do Pannunzio

Sem Serra e Haddad, Marta reina na Parada Gay em SP

DANIELA LIMA

Com a ausência de José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT), os dois principais candidatos à sucessão do prefeito Gilberto Kassab, a senadora Marta Suplicy (PT-SP) reinou ontem na 16ª Parada Gay em São Paulo.

Serra, que confirmou presença no evento, acabou esticando sua viagem a Nova York. Haddad teria aproveitado para descansar.

Sem ninguém para dividir o palco, Marta passou quase duas horas em cima de um trio elétrico, trajando uma jaqueta toda trabalhada em paetês prateados. Deixou o evento recebendo elogios e incentivos de participantes. “Força, Marta, você vai ser prefeita”, gritavam.

Preterida pelo PT, que escolheu Haddad, ela evitou tratar da eleição, mas enviou recados de forma velada.

Antes do início da festa, houve a leitura do manifesto da Parada, que pedia, entre outras coisas, a retomada do projeto conhecido como “kit gay”. A senadora disse que houve um retrocesso na política de combate à homofobia.

Marta atribuiu a dificuldade em avançar a “forças conservadoras organizadas” que usam de “pressão e chantagem” para impedir o debate.

Foi Haddad, quando ministro da Educação, quem tentou emplacar o projeto, mas recuou após reações negativas de parlamentares e grupos evangélicos.

Marta também criticou as gestões de Serra e Kassab. Ela os responsabilizou pelo fim das aulas de educação sexual nas escolas municipais.

“Fui a coordenadora do projeto na gestão da [Luiza] Erundina. E na minha fizemos a mesma coisa. Eu comentava com o prefeito que não existe mais.”

Ao fim do evento, questionada sobre a receptividade do público, Marta se derreteu: “Eles me dão força pra continuar”. E o que dizer aos que pregam que ela será prefeita? “Só dou um tchau.”

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Poder – Sem Serra e Haddad, Marta reina na Parada Gay em SP – 11/06/2012.

Share the Post:

Join Our Newsletter