Pannunzio Comunicação – Blog do Pannunzio

Vereador do MA manda deter e algemar jornalista que cobria sessão de Câmara

Estelita Hass Carazzai

O jornalista Edmundo Moreira da Silva, 53, foi algemado e detido por guardas municipais durante uma sessão da Câmara Municipal de Timon (MA), anteontem à noite.

Ele e o cinegrafista Magno Ferreira, 27, acompanhavam a votação de um projeto que efetivava os 350 agentes de saúde do município. Os dois trabalham para o site Portal Hoje.

Enquanto aguardavam o início da sessão, dois guardas municipais abordaram os jornalistas e disseram que eles teriam de se retirar por não terem autorização do presidente da Casa, vereador Antônio Borges Pimentel, para filmar o evento.

“Disseram que faz parte do regimento interno da Câmara, mas nunca antes haviam nos incomodado com isso”, diz Silva. Segundo ele, nas outras sessões em que levou a filmadora, ninguém foi solicitado a desligar o equipamento.

Diante da negativa em sair, Silva foi detido à força, levado para um camburão e de lá para a delegacia, onde foi autuado por desacato à autoridade.

Segundo a assessoria de imprensa da Câmara de Timon, o jornalista foi detido porque “alterou a voz” e falou “palavras de baixo calão” aos guardas.

A cena pode ser vista em um vídeo na internet. O jornalista, elevando a voz, afirma que está trabalhando “numa casa pública” e que não vai sair, ao que o guarda municipal responde: “Cala a boca, rapaz”. A confusão aumenta e Silva é agarrado, algemado e arrastado para fora, diante dos gritos do público.

A Folha telefonou para o comandante da guarda municipal de Timon, mas seu celular estava fora da área.

Clique aqui para ler a íntegra no site da Folha

Share the Post:

Join Our Newsletter